Conceito.de

Conceito de centríolo

A palavra latina “centriŏlu”, que é o diminutivo de “centrum”, chegou à nossa língua como centríolo. O conceito refere-se a um organelo das células que está composto por microtúbulos.

Deve-se notar que as células são as unidades fundamentais de um ser vivo que têm capacidade reprodutiva independente. As unidades funcionais e estruturais das células são chamadas organelos: o centríolo é um desses organelos.

Como dissemos acima, os centríolos são formados por microtúbulos, que são filamentos ocos constituídos por proteínas. Sua função é favorecer o movimento da célula através dos flagelos e cílios e organizar seu citoesqueleto (o sistema interno que dá estrutura a uma célula).

Quando os centríolos estão posicionados em pares e são perpendiculares entre si, formam um diplossomo. Esses diplossomos podem estar envolvidos por uma massa proteica, formando um centrossomo. Os centrossomos, portanto, são dois centríolos emparelhados (diplossomos) que são incorporados nas proteínas que estão ao seu redor.

Por outro lado, é importante destacar que os centríolos têm intervenção no processo de divisão celular. Cada um dos centríolos da célula-tronco passa para uma das células-filhas, atuando como padrão ou modelo para o desenvolvimento do novo centríolo. Da posição dos centríolos na célula dependem a localização do núcleo e o resto da organização espacial da célula em questão.