Conceito.de

Conceito de cariocinese

A etimologia d cariocinese nos remete a duas palavras da língua grega: “káryon” (que pode ser traduzido como “núcleo”) e “kínesis” (uma noção que alude ao “movimento”). O conceito é usado no contexto da biologia para se referir ao processo que faz com que o núcleo de uma célula se divida.

A cariocinese faz parte da mitose: a divisão celular que, após duplicação da informação genética, gera novas células que possuem todos os cromossomos.

Também chamada mitose anfiastral ou mitose astral, a cariocinese ocorre no início da mitose. Para que o material genético encontrado nas células-tronco seja distribuído igualmente entre duas células-filhas, é necessário que seu núcleo se divida.

Uma vez completada a cariocinese e havendo dois núcleos separados, é realizada a citocinese: o citoplasma se separa e duas células filhas são formadas. Quando a mitose termina, acabam por se produzir duas células que são idênticas quanto à sua genética. A reprodução assexuada, o crescimento de um ser vivo e o reparo dos tecidos são realizados graças à mitose.

Deve-se notar que a cariocinese também se desenvolve na meiose, que é outro tipo de divisão celular. Neste caso, as células resultantes possuem metade dos cromossomos.

Em suma, pode-se dizer que a cariocinese implica uma distribuição ou repartição do material nuclear de uma célula, que se desenvolve dentro do contexto da divisão celular.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (3 de Setembro de 2019). Conceito de cariocinese. Conceito.de. https://conceito.de/cariocinese