Conceito de centro cultural


Out 01, 13

O conceito de centro tem a sua origem no latim centrum e pode fazer menção a diversas questões. Uma das acepções refere-se ao lugar onde se reúnem as pessoas com alguma finalidade.

Cultural, por sua vez, é aquilo que pertence ou é relativo à cultura. Esta noção, do vocábulo latino cultus, diz respeito às faculdades intelectuais do homem e ao cultivo do espírito humano.

Um centro cultural é portanto o espaço que permite participar em actividades culturais. Estes centros têm o objectivo de promover a cultura entre os habitantes de uma comunidade.

Por exemplo: “Ontem, vimos uma peça de teatro no centro cultural do bairro”, “Miguel trabalha como professor de informática no centro cultural”, “O cantor de tango apresentar-se-á amanhã no Centro Cultural de Belém, com entrada livre e gratuita”.

A estrutura de um centro cultural pode variar conforme o caso. Os centros maiores têm auditórios com cenários, bibliotecas, salas de informática e outros espaços, com as infra-estruturas necessárias para organizar workshops ou cursos e realizar concertos, peças de teatro, projecção de filmes, etc.

O centro cultural costuma ser um ponto de encontro nas comunidades mais pequenas, onde as pessoas se reúnem para conservar tradições e desenvolver actividades culturais que incluem a participação de toda a família.

Regra geral, as actividades dos centros culturais são gratuitas ou bastante acessíveis, de modo que nenhuma pessoa fique de fora ou afastada por questões económicas. A propriedade dos centros culturais costuma ser estatal ou cooperativa, uma vez que não costuma tratar-se de instituições com fins lucrativos.