Conceito.de

Conceito de cilindro

O termo grego “kýlindros” derivou no latim “cylindru-“, que chegou ao nosso idioma como cilindro. É um corpo geométrico formado a partir do deslocamento paralelo de uma geratriz (reta) ao longo de uma diretriz (curva plana). Quando a geratriz é perpendicular a uma diretriz que é um círculo, obtém-se um cilindro reto e circular.

Por antonomásia, a ideia de cilindro faz geralmente referência a esses cilindros retos e circulares. Sua superfície é formada pelas geratrizes que abrigam todos os pontos da diretriz.

Existem inúmeras estruturas e peças que, por sua forma, são conhecidas como cilindros. Os motores de combustão interna, por exemplo, possuem cilindros onde ocorre o deslocamento dos pistões. O combustível que está na câmara de combustão, gera uma explosão que produz o deslocamento linear do pistão localizado dentro do cilindro, quando o motor está funcionando. O movimento é transmitido a uma biela, que está ligada ao pistão e à cambota. A cambota transforma o movimento linear em um movimento circular ou rotativo.

Nos instrumentos musicais de sopro, como certas tubas e trompas, o cilindro — também chamado de válvula rotativa — funciona como uma chave ou um pistão: quando é apertado, a altura do som muda.

O recipiente hermético contendo líquidos e gases voláteis; a peça que permite o movimento do pistão de certas máquinas; o tambor de uma maquinaria de relógio; e o elemento de impressão que, ao ligar o molde, realiza a impressão, também é chamado de cilindro.