Conceito.de

Conceito de comiseração

O conceito de comiseração, que deriva da palavra latina “commiseratiōne”, é usado para se referir à misericórdia ou piedade experimentada perante o mal-estar ou a dor de uma pessoa. A comiseração está, portanto, ligada à tristeza que um indivíduo sente ao imaginar o mal que um terceiro sofreu ou está sofrendo.

Por exemplo: “O homem observava com comiseração o garoto que pedia esmola na porta da igreja”, “Não consigo entender como o sofrimento dos idosos não gera comiseração em certas pessoas”, “Os familiares do acusado procuraram a comiseração do tribunal, mas não tiveram sorte”.

A comiseração está relacionada à empatia. Quando um sujeito se compadece do sofrimento de outro, surge a comiseração. Isso ocorre porque ele entende a dor alheia, uma vez que se projeta e pode supor como se sentiria se estivesse na mesma situação. A comiseração pode dar lugar à solidariedade e gerar alguma ação que ajude a pessoa que está sofrendo a sentir alívio.

Se alguém sente comiseração de si mesmo, fala-se de autocomiseração. Esse sentimento surge do pessimismo e do egoísmo. Quem é pessimista pensa que o infortúnio governa sua vida: é por isso que sente pena de sua má sorte. Por outro lado, a autocomiseração é egoísta porque a pessoa se concentra excessivamente em seus próprios problemas e não presta atenção ao fato de que, ao seu redor, haver a possibilidade de existirem outras pessoas em sofrimento. Essa particularidade faz com que várias religiões considerem a autocomiseração um pecado ou uma falha ética.