Conceito.de

Conceito de comunidade

A palavra comunidade tem origem no termo latim communĭtas. O conceito refere-se à qualidade daquilo que é comum, pelo que permite definir distintos tipos de conjuntos: das pessoas que fazem parte de uma população, de uma região ou nação; das nações que se encontram unidas por acordos políticos e económicos (como a Comunidade Europeia ou o Mercosul/Mercado Comum do Sul); ou de pessoas vinculadas por interesses comuns (como é o caso da comunidade católica).

No caso da Espanha, por exemplo, uma Comunidade Autónoma é uma entidade territorial que, dentro da ordem constitucional do Estado espanhol, tem autonomia legislativa e competências executivas. Também dispõe da faculdade de ser administrada através dos seus próprios representantes.

Pode-se dizer que uma comunidade é um grupo de seres humanos que partilham elementos em comum, como o idioma, os costumes, a localização geográfica, a visão do mundo ou os valores, por exemplo. No seio de uma comunidade, é hábito criar-se uma identidade comum mediante a diferenciação de outro(a)s grupos ou comunidades.

É por isso que há distintas categorias de comunidades. Por exemplo:

– Comunidade escolar: formada por professores, alunos, pais e demais pessoas que atuam numa escola;

– Comunidade cristã: formada por cristãos de uma mesma religião ou denominação, onde as diversidades humanas unem-se e dão lugar a universidade da religião;

– Comunidade familiar: que é uma comunidade composta por famílias;

– Entre outros tipos.

E, com o advento da internet, temos ainda muitas outras comunidades formadas por pessoas que possuem um interesse em comum, tais como: comunidade gamer, comunidade de pessoas que curtem um mesmo estilo musical (rock, funky, jazz, etc), entre outras.

E temos ainda as comunidades de práticas, que tem o objetivo de unir pessoas que desejem compartilhar conhecimento, aprendendo por meio da interação com outras indivíduos que tenham interesse no mesmo assunto. Ou seja, é um tipo de comunidade colaborativa para aprendizagem.

Do ponto de vista da sociologia, certos lugares como as cadeias ou os quartéis também são comunidades que podem ser descritas e analisadas. Por outro lado, no mundo laboral, uma empresa também é uma comunidade, uma vez que os seus integrantes partilham de objetivos comuns e de uma filosofia corporativa.

Uma comunidade vai além do seus membros. Na realidade, existem comunidades que já existiam muito antes deles mesmos existirem. E ela continuará existindo mesmo após a partida de cada um deles, como é o exemplo da comunidade cristã.

Logo, a comunidade pode ser vista como um composto de expectativas, interações e comportamento com propósito que os humanos realizam entre si. Tudo isso tendo como base o que esses membros defendem e acreditam e o que compartilham.

Graças ao desenvolvimento das novas tecnologias e da Internet, formaram-se as chamadas comunidades virtuais. As redes sociais, os fóruns, os sistemas de mensagens instantâneas e os blogues são espaços que permitem a criação deste tipo de comunidades.

Por fim, temos também a chamada “comunidade biológica”, que se trata de um grupo de comunidades que habitam num mesmo lugar. Isso significa que numa comunidade biológica podem ser encontrados vários tipos de plantas ou de animais de espécies diferentes convivendo num mesmo espaço.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

estrume

O primeiro significado de estrume mencionado pela Michaelis em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa alude aos...

Conceito de

estiva

No âmbito da marinha, estiva é o processo que consiste em depositar, da forma mais conveniente, uma carga em uma embarcação....

Conceito de

estaca

Uma estaca é um pau com uma extremidade afiada. Graças a esta particularidade, é um elemento com diferentes utilizações, uma...

Conceito de

esquimó

Esquimó é o nome dado a um povo cujos membros residem na região ártica da América do Norte, Ásia e Groenlândia. De acordo...

Conceito de

arrepiante

O adjetivo arrepiante é usado para qualificar o que arrepia: ou seja, estremece, horroriza ou provoca espanto. O arrepiante gera...

Conceito de

estabelecer

O vocábulo latino “stabiliscĕre”, frequentativo de “stabilīre” que significa tornar estável. Este...

Conceito de

esqueleto

O termo grego “skeletós”, que pode traduzir-se como corpo ressequido, esqueleto chegou ao francês como...

Conceito de

esporádico

O vocábulo grego “sporadikós” que pode ser traduzido como disperso, chegou ao nosso idioma como esporádico....

ARQUIVOS