Conceito de construtivismo


Dez 19, 11

O construtivismo é o nome de várias correntes surgidas na arte, na psicologia, na filosofia, na pedagogia e nas ciências sociais em geral.

No âmbito artístico, o construtivismo é um movimento de vanguarda que se interessa pela organização dos planos e pela expressão do volume utilizando materiais da época industrial. O movimento nasceu na Rússia em 1914 e fortaleceu-se depois da Revolução Bolchevique.

Na psicologia, o construtivismo tem por base os postulados de Jean Piaget. Segundo este psicólogo, o desenvolvimento da inteligência é construído pelo próprio indivíduo através da interacção com o meio.

Para a filosofia da ciência e a epistemologia, o construcionismo ou construtivismo epistemológico é uma corrente de pensamento surgida em meados do século XX. Na acepção desta corrente, a realidade é uma construção criada por quem a observa.

A pedagogia também denomina de construtivismo à corrente pedagógica que afirma que o conhecimento de todas as coisas é um processo mental do indivíduo, que se desenvolve de acordo com a interacção com o entorno.

Por fim, podemos mencionar que o construtivismo nas matemáticas requer, para a prova da existência de um objecto matemático, que o mesmo possa ser “construído”. Isto é: para esta escola, a prova por contradição clássica que consiste em supor que um objecto X não existe e, partindo desta premissa, derivar uma contradição, não é suficiente. Os construtivistas são da opinião de que este procedimento não permite encontrar o objecto estudado e, por conseguinte, a sua existência não está provada.