Conceito.de

Conceito de corrosão

Corrosão, proveniente do francês “corrosion”, alude ao ato e ao resultado de corroer: destruir, arruinar, carcomer ou desgastar algo gradualmente.

A ideia de corrosão é frequentemente usada no campo da química para nomear o desgaste de um metal como resultado da ação de um agente externo. A corrosão é produzida pela interação do metal com o ambiente.

Quando corroído, o metal sofre uma deterioração de suas propriedades químicas e físicas. Uma reação de redução-oxidação (redox) pode causar corrosão de um elemento. Nesse processo, um agente recebe elétrons (é reduzido) e outro produz elétrons (oxida).

Um metal sofre corrosão ao ar livre ou debaixo da água. No aço, para nomear um caso, forma-se uma camada marrom que degrada o material até que ele se quebre.

A corrosão dos metais, portanto, constitui um grande problema em diferentes níveis. Quando um metal corrói, sofre uma alteração de suas propriedades. Por exemplo, uma estrutura de ferro que sofre corrosão pode perder firmeza e se tornar instável ou frágil. Uma ponte corroída, nesse contexto, representa um risco.

É importante ter em mente que existem diferentes tipos de corrosão, que podem até afetar materiais não metálicos. Para interromper ou atrasar o processo, é possível recorrer a revestimentos que atuam como inibidores. O tipo de design também pode ajudar a minimizar a corrosão.