Conceito.de

Conceito de prata

O elemento químico cujo número atómico é 47 recebe o nome de prata. Trata-se de um metal que se pode encontrar em minerais ou de forma nativa, embora não seja abundante na crosta do nosso planeta.

A prata, cujo símbolo é Ag, costuma obter-se a partir do trabalho em minas de ouro, cobre, chumbo e outros metais. Entre as características da prata, um metal de cor branca, destacam-se a sua maleabilidade, a sua ductilidade e a sua capacidade de conduzir a corrente eléctrica e o calor.

Entre os múltiplos usos da prata, destacam-se a produção de moedas, a elaboração de jóias, a fabricação de punhais e outras armas e a criação de utensílios de cozinha. Há que destacar que, apesar de este metal não ser tóxico, dispõe efectivamente de sais venenosos que podem provocar diversos danos.

Devido à identificação que se faz deste metal com as moedas produzidas com o material, costuma-se chamar prata ao dinheiro no seu sentido mais amplo. Ter prata, por conseguinte, equivale a ser rico ou abastado.

Exemplos: “Emprestas-me aí umas pratas? Quero comprar um refresco, mas esqueci-me da minha carteira”, “A empresa tem problemas de prata e poderá vir a despedir alguns empregados”.

La Plata (traduzido do castelhano, lê-se “A Prata”), por outro lado, é o nome de uma cidade argentina que funciona como capital da Província de Buenos Aires. Situada a cerca de sessenta quilómetros da cidade de Buenos Aires, La Plata dispõe de pouco mais de 740.000 habitantes.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (1 de Maio de 2015). Conceito de prata. Conceito.de. https://conceito.de/prata