Conceito.de

Conceito de craque

O termo craque pode ser usado de várias formas em nosso idioma. O conceito é frequentemente usado para nomear um atleta que se destaca por seu talento ou habilidade.

Por exemplo: “Roger Federer é o maior craque que já vi na minha vida”, “Todas as equipes precisam de um craque que faça a diferença”, “Em nosso conjunto, não temos nenhum craque, mas todos nos esforçamos para obter um desempenho sólido”.

Os jogadores de futebol Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, o jogador de basquete LeBron James, o tenista Novak Djokovic, o corredor Usain Bolt e o nadador Michael Phelps são alguns atletas considerados craques. Os craques tendem a se tornar ídolos e a obter grandes ganhos econômicos com prêmios e anúncios.

No setor financeiro, fala-se de craque (ou com maior frequência em “crash”) para mencionar a forte queda nos preços da maioria das ações que operam na bolsa. Esses colapsos ocorrem quando os acionistas reagem com medo a determinadas notícias ou medidas e começam a vender as ações, deixando de comprar outras. Isso faz com que os preços entrem em colapso, assim como o volume de negociação. O Craque de 29, que afetou os Estados Unidos em 1929, é um dos mais conhecidos da história.

Também se chama craque ou “crack” a uma droga feita misturando cocaína com bicarbonato de sódio e água, que tem o formato de uma pedra. Quando essa pedra é aquecida, uma parte da cocaína evapora e é gerado um ruído caracterizado pela onomatopeia “crack”.

O crack, que rapidamente gera dependência, causa sentimentos de pânico e euforia ao consumidor, que também começa a sofrer de insônia. O viciado pode sofrer vários tipos de problemas psiquiátricos e físicos.