Conceito.de

Conceito de custódia

Custódia é um termo com origem no vocábulo latino custodĭa. Trata-se da ação e do efeito de custodiar (guardar com cuidado e vigilância).

Exemplos: “O acusado foi posto sob custódia da Polícia Federal”, “Um guarda noturno está incumbido da custódia do edifício”, “Posso deixar o meu cão sob a tua custódia durante uns dias? É que preciso de fazer uma viagem de trabalho e não o posso levar comigo”.

A pessoa que se encarrega de custodiar um preso, um edifício ou um objeto valioso também se conhece como custódia: “O prófugo assassinou a sua custódia e escapou do veículo que o transportava para a prisão”, “A custódia do palácio foi reduzida pelos sequestradores, os quais entraram pela porta de trás”, “Os investigadores acham que a custódia da joia foi subornada”.

No âmbito da religião católica, a custódia é a peça de outro onde se coloca a hóstia depois da sua consagração para a adoração dos fiéis. Este elemento, que também pode ser confeccionado com outro material precioso, pode conhecer-se além do mais como ostensório.

As custódias surgiram em meados do século XIII na festa do Corpus Christi, onde se celebra a Eucaristia. Porém, estas peças tornaram-se mais comuns no século XV. Inicialmente, destinavam-se relicários, cruzes ou imagens que se adequavam a um uso novo. Em meados do século XV, no entanto, começou a definir-se a forma habitual da custódia. Atualmente, a forma mais frequente é a de um sol radiante.

Há também a chamada taxa de custódia que é uma taxa existente em certas aplicações financeiras. No Brasil, essa taxa funciona como um valor cobrado para que a instituição registre as aplicações financeiras no CPF do investidor, ou seja, para fazer o registro em nome de quem aplicou aquele valor em dinheiro.

Essa taxa pode ser cobrada sobre diferentes tipos de investimentos. Contudo ela é mais comum em investimentos como os títulos públicos (a exemplo disso temos o Tesouro Direto).

É uma taxa que pode ser cobrada mensalmente ou anualmente e o seu cálculo é feito com base no valor total do investimento. E, ainda, a cobrança dela acontece no momento da aplicação, no momento do resgate dessa aplicação/investimento ou mesmo pode acontecer no período do investimento financeiro.

Quando ainda não existia a possibilidade de investir usando a internet, era feito o registro de uma aplicação financeira por meio de certidões (em papel). É por isso que muitas ações de uma empresa são chamadas de papéis. E a taxa de custódia nesse período era cobrada para a elaboração e para o armazenamento seguro desses papéis.

Por fim, na Igreja Católica Apostólica Romana, custódia trata-se de uma peça feita de ouro de prata e que é usada para depositar a hóstia, sendo que ela é usada em atos de culto de adoração. Essa peça também é usada para fazer o transporte da hóstia, de forma solene, em procissão. Mas essa custódia é também conhecida como ostensório. Quando não há uma custódia, então pode ser feito o uso da cibório.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

encomenda

A Michaelis em seu dicionário online reconhece cinco significados para o termo encomenda. O primeiro fala de encomenda como o...

Conceito de

gengiva

A gengiva é a carne que protege os dentes e recobre a parte interna das mandíbulas. O termo tem sua origem etimológica na...

Conceito de

enclave

Um enclave é um território rodeado por outro que possui características distintas em termos de administração, regime...

Conceito de

encíclica

A palavra grega “egkýklios” tornou-se encíclica em nossa língua. O termo é usado para se referir a uma...

Conceito de

enciclopédia

Com origem nos vocábulos enkyklos (“em torno de”) e paideia (“educação”), a noção de enciclopédia se refere a um...

Conceito de

tomada

O primeiro significado de tomada mencionado no Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa da Michaelis refere-se ao ato ou...

Conceito de

encanto

O conceito de encanto pode ser usado de diferentes maneiras. O termo é usado com referência ao indivíduo, animal, lugar ou...

Conceito de

encarnação

Encarnação, vindo da palavra latina “incarnatiōne”, é o ato e consequência de encarnar. Este verbo (encarnar) se...

ARQUIVOS