Conceito.de

Conceito de diminutivo

Diminutivo é o que pode fazer algo diminuir ou reduzir. O termo, que vem da palavra latina “deminutīvu”, é frequentemente usado no campo da gramática para qualificar um sufixo que reflete a desvalorização ou diminuição do que é indicado pela palavra ao qual está ligado. Também chamado de diminutivo é o conceito criado com um sufixo desse tipo.

Lembremos que um sufixo é um afixo: um morfema que altera as propriedades gramaticais de um radical. É, especificamente, o afixo localizado após o radical.

O sufixo diminuto pode ser usado quando se pretende minimizar a importância ou o tamanho de algo. Por exemplo: “Estou tentando resolver um probleminha no escritório, mas não se preocupe, não é nada complicado”, “Quando caí, fiz um arranhãozinho na perna”, “Na noite passada, comi apenas um pedacinho de bolo”.

Como se pode ver nos exemplos mencionados, “probleminha”, “arranhãozinho” e “pedacinho” são diminutivos de problema, arranhão e pedaço, respetivamente. Um “probleminha” é um problema que não é sério, enquanto um “arranhãozinho” é um arranhão superficial ou pequeno. Por sua vez, um “pedacinho” é um pedaço pequeno.

O diminutivo também pode refletir carinho ou simpatia: “Oi fofinho! Como vai? Que saudades”, “Olha que cãozinho tão lindo”, “É um homenzinho muito responsável”.

Note-se que, em alguns casos, o diminutivo pode até ser usado de maneira pejorativa ou depreciativa: “Você vai gastar tanto tempo arrumando seu cabelinho? Estamos atrasados”, “Amanhã vamos jogar contra uma equipazinha do interior cujo nome não me lembro”.