Conceito.de

Conceito de duplicação

O vocábulo latino “duplicatiōne” chegou a nosso idioma como duplicação. Duplicação é o ato e o resultado de duplicar: multiplicar algo por dois ou aumentar para o dobro.

Por exemplo: “Para minimizar o congestionamento do centro da cidade, a prefeitura anunciou a duplicação da avenida Centenário”, “Tenho que fazer a duplicação do DVD o mais rápido possível: não quero perder esse material por nenhum motivo”, “Segundo vários economistas, a duplicação da tarifa de energia elétrica tornará mais caros os preços de todos os bens produzidos no país”.

A duplicação do DNA é chamada de processo que permite ao ácido desoxirribonucleico se duplicar, sintetizando uma cópia exata. Isso significa que, a partir de uma molécula de DNA, são geradas duas réplicas.

Também se chama duplicação a uma mutação genética que ocorre quando um ou mais nucleotídeos são repetidos na sequência de DNA. Em outras palavras, a duplicação cromossômica é um fenômeno que envolve a repetição de uma parte do cromossomo.

Esta mutação ocorre no âmbito da duplicação de DNA. Um sobrecruzamento errôneo ou certa reorganização estrutural pode causar o distúrbio. A duplicação cromossômica não é visível a olho nu: requer estudos moleculares e citogenéticos.

Finalmente, no campo da programação de computadores, a duplicação de código ocorre quando a mesma sequência de código-fonte aparece mais de uma vez no mesmo programa. Esse tipo de sequência é chamado de clone e pode causar vários inconvenientes, como um tamanho de arquivo maior.