Conceito.de

Conceito de edifício

Escutar o artigo

Do latim aedificĭum, um edifício é uma construção fixa que serve de alojamento humano ou que permite realizar várias atividades. A origem etimológica do termo está relacionada com o acto de “fazer fogo/lume”, tendo em conta que as primeiras construções humanas tinham o objetivo de proteger contra os incêndios (para evitar que estes fossem apagados pelo vento ou pela chuva).

edifício
Um edifício é uma construção fixa

Os materiais e as técnicas utilizadas para a construção de edifícios foram mudando e evoluindo com o avançar da história. Chama-se arquitetura à ciência que se dedica à arte da construção de edifícios.

A noção de edifício, em sentido estrito, permite fazer referência a qualquer construção feita pela ação humana. Um teatro ou uma igreja, por exemplo, são edifícios. No entanto, a linguagem do dia-a-dia recorre ao termo para mencionar as construções verticais que tenham mais de um andar (ou piso).

Os edifícios, por conseguinte, estão relacionados com os prédios, os arranha-céus ou as torres, que servem de residência permanente às pessoas ou cujas instalações abrigam escritórios. Exemplos: “A minha tia vive num edifício que tem 22 andares”, “Com tantos edifícios na costa, a praia tem cada vez menos sol”.

Em termos de propriedade, há que referir os edifícios públicos (pertencem ao Estado) os edifícios privados (o dono é uma pessoa singular ou coletiva). Relativamente ao uso, existem edifícios governamentais (que albergam delegações do governo), edifícios industriais (onde se desenvolvem atividades produtivas), edifícios comerciais (compostos por uma ou várias lojas), edifícios militares (como os quartéis) e os edifícios residenciais (usados como habitações), entre outros.

Responsabilidade pela edificação de um edifício

Em muitos países há marcos legais que regem as atividades edilícias em determinados territórios, sendo que esses costumam remeter aos arquitetos a responsabilidade para realizar projeção e execução dos edifícios.

Mas em alguns casos, tal atribuição acaba sendo remetidas ainda para os engenheiros civis, sendo algo que pode gerar certa controvérsia entre os profissionais, que não aceitam tal ato. Mas no caso do Brasil, há a afirmação de que é o arquiteto quem se responsabiliza por projetar um edifício, mas é o engenheiro civil quem atuará na construção do mesmo.

Arranha-céu

Edifícios que possuem uma altura singular são conhecidos popularmente como arranha-céus. Um arranha-céu é caracterizado por ter a forma de uma torre, sendo uma edificação com um caráter multifuncional, com a capacidade de dar abrigo para estabelecimentos comerciais, residenciais, etc.

Quando existe um arranha-céu numa área urbana, quando há ali edificações de menor gabarito (altura), então essa edificação se destaca, sendo então uma referência para as demais ou até mesmo pode ser um marco para uma determinada região.

Prédio, edifício ou condomínio

conceito de edifício
Edifício possui um conceito diferente de um prédio e de um condomínio

Muitos podem acabar confundindo edifício com prédio e mesmo com condomínio. Mas o conceito para cada um é distinto, mas eles estão, de algum modo, ligados.

Um prédio se trata de uma construção que se pode ocupar, assim, um galpão pode ser considerado um prédio, assim como uma loja que se encontra na rua. Enquanto isso, um edifício é como um prédio, mas esse é uma edificação de maior porte, contendo sempre mais do que um pavimento. Por fim, o condomínio se trata da personalidade jurídica que pertence a um edifício (o edifício aqui pode ser um prédio que contenha apartamentos) ou de uma área ampla ou outro espaço sobre o qual dois ou mais indivíduos detenham a posse, por exemplo.

Edifícios verdes

São chamados de edifícios verdes aqueles que são construídos com foco na sustentabilidade. Com isso, se pode trabalhar na elaboração de cidades que garantam mais bem-estar aos seus habitantes.

Além do mais, um edifício verde é classificado como uma construção que é autossuficiente, com menos impactos ambientais ou até mesmo impactos ambientais zerados.

Esses edifícios, basicamente, produzem o que consomem, com a eficiência no uso da água e de energia elétrica, por exemplo. Mas eles ainda se caracterizam por fazerem uso de materiais certificados e por prezarem por acabamentos internos que forneçam mais conforto (como o conforto térmico).

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (5 de Abril de 2013). Conceito de edifício. Conceito.de. https://conceito.de/edificio