Conceito.de

Conceito de enema

Escutar o artigo

Enema, do latim enĕma, é um medicamento líquido que é administrado por via rectal isto é, é introduzido no organismo através do ânus e que serve para limpar (ou purgar) o intestino. O termo também é usado em referência ao utensílio com que se realiza a operação e à própria acção de introduzir o líquido.

Exemplos: “Ontem, fizeram um enema à minha avó porque estava bastante obstipada”, “O médico recomendou-me um enema bastante prático para limpar a zona”, “Se eu continuar assim, vou ter de recorrer a um enema embora não me agrade muito a ideia”.

É possível fazer a distinção entre dois tipos de enemas: os enemas de limpeza (ou evacuação) e os enemas de retenção. Os enemas de limpeza são usados para o tratamento da obstipação, de fecalomas ou de retenção fecal em geral. O líquido administrado costuma ser de rápida acção, gerando uma resposta em menos de vinte minutos.

O enema de retenção, por sua vez, foi idealizado para que o líquido introduzido no organismo possa ser retido pelo menos trinta minutos. Essa substância pode ser um medicamento ou um líquido que permite visualizar imagens do tracto intestinal inferior com raios X para realizar um diagnóstico. Neste último caso, fala-se de enema opaco.

Depois, existe outro tipo de enema, chamado clismafilia (tipo de parafilia), que não tem qualquer relação com a medicina, mas em que se recorre a enemas como parte de uma prática sexual.

O enema, que é também conhecido como clister ou chuca no Brasil, trata-se de um procedimento com o objetivo de lavar o intestino, onde se introduz um tubo no ânus com um líquido também com água. O especialista pode recomendar esse procedimento em casos de previsão de ventre, como modo de facilitar a saída das fezes.

E esse procedimento pode inclusive ser feito em casa, mas apenas se houver indicação médica para tal, ajudando a melhorar o funcionamento do intestino.

Cabe dizer que é comum que o clister seja recomendado pelo médico para a mulher no final da gestão, uma vez que elas tendem a apresentar prisão de ventre nesse período.

E há casos onde o procedimento é indicado para mulheres grávidas a fim de realizar exames, tal como é o caso do enema opaco que é realizado para avaliar a forma e também a função do intestino grosso e do reto.

O procedimento, no entanto, não é recomendado para se fazer mais do que uma vez numa semana, já que ele pode provocar alterações na flora intestinal, além de também fazer com que haja alterações no transito intestinal, algo que pode agravar a prisão de ventre e até mesmo provocar diarreia, ou seja, se feito demasiadamente ele pode provocar o efeito inverso ao que se deseja.

Mas recomenda-se que a pessoa com problemas de intestino preso busque ajuda de um gastrenterologista ou vá para um pronto-socorro, ali o especialista identificará o problema e prescreverá o tratamento adequado para isso.

Cabe destacar que existem várias contra-indicações no uso de enemas. As pessoas que sofrem de peritonite, apendicite, colite, inflamação intestinal ou traumatismo abdominal não devem recorrer a este tipo de tratamentos.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (18 de Fevereiro de 2014). Conceito de enema. Conceito.de. https://conceito.de/enema