Conceito.de

Conceito de decantação

A ideia de decantação vem da palavra francesa “décantation”. O conceito refere-se ao ato e ao resultado de decantar: alcançar a separação de substâncias com densidades diferentes e em meio líquido.

A decantação, portanto, envolve dissociar um sólido de um líquido ou um fluido mais denso de outro líquido com uma densidade mais baixa. Isso significa que há decantação sólido-líquido (se um sólido estiver em líquido) e decantação líquido-líquido (quando existem dois fluidos imiscíveis, com densidades diferentes).

Para separar um sólido de um líquido por decantação, primeiro é necessário que a mistura repouse e, assim, se produza a sedimentação do sólido. Esse processo faz com que o sólido se acumule no setor inferior da mistura e possa ser extraído por meio da gravidade.

No caso de dois líquidos, geralmente é usado um recipiente conhecido como funil de decantação. Este dispositivo possui uma abertura em seu setor superior, através da qual podem ser introduzidos líquidos. Na parte inferior, possui uma torneira para extrair, de maneira controlada, o conteúdo. Quando os líquidos introduzidos têm densidades diferentes, o fluido com a densidade mais alta fica localizado no setor inferior do funil de decantação: dessa forma, ele pode ser separado do outro líquido, abrindo a torneira e fechando-a antes que a segunda substância comece a cair.

Um exemplo de decantação usando esse tipo de funil pode ser desenvolvido com água e óleo. Devido à densidade, a água se acumula no fundo, facilitando a separação das duas substâncias.