Conceito.de

Conceito de guião de rádio

Um guião pode ser um texto ou livreto que especifica os conteúdos e detalhes para que se possa fazer uma obra ou uma emissão de televisão, cinema, teatro ou rádio. Este documento serve de guia para aqueles que participam na obra em questão.

Rádio, por sua vez, é um conceito com numerosos significados. Neste caso, importa destacar a acepção como radiorreceptor (o aparelho que se utiliza para captar as ondas que emite um radiotransmissor e transformá-las em som). Por extensão, dá-se o nome de rádio ao meio de comunicação relacionado com esta tecnologia.

Um guião de rádio, por conseguinte, é um livreto que se utiliza no âmbito de uma emissão radiofónica. No guião, são dadas indicações devendo ser seguidas pelo operador técnico e os locutores.

Exemplos: “O director da rádio pediu-me um guião e algumas gravações para analisar se o nosso programa pode encaixar na sua emissora”, “Tens o guião à mão? O agente quer vê-lo antes de iniciar a emissão”, “A professora de jornalismo ensinou-nos a confeccionar um guião de rádio”.

O guião radiofónico, por norma, divide-se em três colunas. Na primeira, é indicado o tempo do bloco (“das 9:30 às 9:45” ou “15 minutos”). A segunda é destinada ao operador técnico, ao qual incumbe gerir a saída de ar do programa, emitir a música de fundo e os efeitos sonoros (“Faixa 5 Disco 1”, “Arquivo nº. 2”, etc.). A terceira e última coluna é aquela que corresponde aos locutores e jornalistas (“Entrevista com Elton John”, “Debate sobre a Lei do Trabalho”).