Conceito.de
Conceito de

Hemiplegia

Hemiplegia é um conceito que deriva da língua grega e que se usa no âmbito da medicina para evocar a paralisia de todo um lado do corpo. Isto significa que a pessoa que sofra de hemiplegia verá paralisada uma metade lateral do seu corpo.

hemiplegia
Hemiplegia é conhecida como a paralisia de um lado do corpo

A hemiplegia pode produzir-se por diversos fatores, como um acidente vascular cerebral (AVC), um tumor cerebral, um traumatismo craniano, uma encefalite, uma meningite ou uma patologia na espinha dorsal.

Quando uma pessoa sofre uma diminuição da força motora ou uma paralisia parcial num lado do corpo, é caso de hemiparesia. A hemiparesia, por conseguinte, é menos grave do que a hemiplegia, uma vez que não há imobilidade mas debilidade/limitação.

A hemiplegia não só anula o movimento e a sensibilidade de parte do rosto, de um braço e/ou de uma perna, como também pode afetar outras funções corporais, como a fala, a visão, a audição e até a capacidade de raciocínio.

É importante destacar que a hemiplegia implica uma incapacidade para controlar certos músculos apesar de estes não estarem danificados, devido ao problema cerebral. Ao não mover estes músculos, tornam-se rígidos e atrofiam com a falta de uso. Para evitar ou minimizar a espasticidade (a rigidez) dos músculos, o paciente pode realizar diversos exercícios físicos por recomendação do seu médico ou terapeuta.

A fisioterapia, a acupuntura e as massagens podem fazer parte de um tratamento de reabilitação da hemiplegia para fortalecer os músculos e conseguir que o paciente se sinta melhor.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • Existem várias condições neurológicas que podem causar hemiplegia, como esclerose múltipla, miastenia gravis, doença de Parkinson e atrofia muscular espinhal.
  • Algumas síndromes, como a síndrome de Guillain-Barré e a síndrome do neurônio motor, também podem provocar hemiplegia.
  • Lesão medular causada por traumas também pode resultar em hemiplegia.
  • Outras condições de saúde associadas à hemiplegia incluem poliomielite, mielite transversa, plexopatia braquial e encefalopatia.

Hemiplegia: causas e condições relacionadas

Hemiplegia é uma condição que pode ser causada por várias condições neurológicas, tais como: esclerose múltipla, miastenia gravis, doença de Parkinson, atrofia muscular espinhal, lesão medular, poliomielite, mielite transversa, encefalopatia, entre outras.

Esclerose múltipla, miastenia gravis, doença de Parkinson e atrofia muscular espinhal

Há, como citado, muitas condições de saúde que podem provocar a hemiplegia:

  • Esclerose múltipla: é uma doença autoimune que afeta o sistema nervoso central, sendo capaz de provocar hemiplegia se as lesões forem nas áreas motoras do cérebro ou da medula espinhal;
  • Miastenia gravis: se trata de uma doença neuromuscular, onde que os músculos enfraquecem e cansam facilmente, causando também a hemiplegia em alguns casos;
  • Doença de Parkinson: é uma doença neurodegenerativa, a qual acomete o movimento e pode provocar a hemiplegia em casos avançados;
  • Atrofia muscular espinhal (AME): já essa é uma doença genética rara que acomete os neurônios motores, levando à fraqueza muscular e, nos casos graves, provocando a hemiplegia.

Síndrome de Guillain-Barré e síndrome do neurônio motor

Há ainda algumas síndromes que podem provocar a hemiplegia, como:

  • A síndrome de Guillain-Barré é uma condição autoimune onde o sistema imunológico ataca os nervos periféricos, causando uma fraqueza muscular e, nos casos graves, hemiplegia;
  • A síndrome do neurônio motor, por fim, se trata de uma doença neurodegenerativa que acomete os neurônios motores, o que provoca fraqueza muscular e também hemiplegia.

Lesão medular e hemiplegia

A lesão medular, que pode suceder em virtude de um trauma, como um acidente de carro, por exemplo, é capaz de provocar a hemiplegia, caso a lesão ocorra no lado oposto ao da lesão medular.

Poliomielite, mielite transversa, plexopatia braquial e encefalopatia

A seguir estão outras condições de saúde que possuem relação com a hemiplegia:

  • Poliomielite: uma doença viral que acomete os neurônios motores e pode levar à hemiplegia em certos casos. Essa é uma doença com alto potencial de contagio entre pessoas;
  • Mielite transversa: já essa se trata de uma inflamação da medula espinhal, a qual poderia levar à hemiplegia caso a inflamação ocorra em um lado da medula espinhal;
  • Plexopatia braquial: condição em que há danos aos nervos que controlam o braço e a mão, levando também à hemiplegia em alguns casos;
  • Encefalopatia: por fim, há a encefalopatia, que se caracteriza como uma condição neurológica, geralmente causada por um problema metabólico, como a hipoxia, que pode nos graves tidos como mais graves levaria à hemiplegia.
Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (19 de Maio de 2014). Atualizado em 4 de Maio de 2023. Hemiplegia - O que é, causas, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/hemiplegia