Conceito.de

Conceito de hiperactividade

A hiperactividade é uma conduta caracterizada por um excesso de actividade. O termo é usado para fazer referência à alteração do comportamento infantil que consiste na impossibilidade de permanecer quieto.

A hiperactividade corresponde a um estado de contínua actividade e movimento, inclusive durante o sono. Trata-se de uma das alterações comportamentais mais relevantes na infância. Entre os sintomas de hiperactividade, mencionaremos o facto de correr de um lado para o outro em excesso, trepar móveis, a abundância de movimentos e a impossibilidade de permanecer sentado.

As crianças hiperactivas têm um alto potencial de energia, pelo que os pais devem proporcionar os meios necessários para que essa energia seja canalizada e desenvolvida de forma benéfica.

De acordo com os especialistas, cerca de 40% das crianças com este distúrbio comportamental têm dificuldades na aprendizagem, podendo resultar em abandono escolar na adolescência caso não sejam acompanhadas e tratados a tempo.

Por outro lado, cerca de 50% destas crianças têm alguma alteração psiquiátrica associada, como problemas de ansiedade, fobias, depressão ou baixa auto-estima.

Convém destacar que o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperactividade (TDAH) é uma síndrome comportamental com bases neurobiológicas e um importante componente genético. As pessoas que sofrem deste trastorno apresentam distracção moderada a severa, com breves períodos de atenção, irrequietude motora, instabilidade emocional e condutas impulsivas.

Tendo em conta a sua base biológica, os sintomas do TDAH são tratados com um tratamento farmacológico à base de estimulantes e substâncias como a cafeína e a nicotina.