Conceito.de

Conceito de humanismo

O conceito de humanismo tem várias acepções. Trata-se, por exemplo, da doutrina que tem por base a integração dos valores humanos. O humanismo também é um movimento renascentista que se propôs a voltar-se para a cultura greco-latina a fim de restaurar os valores humanos.

O humanismo, regra geral, é um comportamento ou uma atitude que exalta o género humano. Sob esta concepção, a arte, a cultura, o desporto e as atividades humanas gerais tornam-se transcendentes.

Pode-se dizer que o humanismo procura a transcendência do ser humano como espécie. Trata-se de uma doutrina antropocêntrica em que o homem é a medida de todas as coisas. A organização social, como tal, deve desenvolver-se a partir do bem-estar humano. Esta corrente opõe-se ao teocentrismo medieval, onde Deus era o centro da vida.

O humanismo reconhece valores como o prestígio, o poder e a glória, que eram criticados pela moral cristã e, inclusive, considerados pecados. Ainda contrariamente às doutrinas religiosas, o humanismo faz do homem um objecto de fé, ao passo que, outrora, a fé era património de Deus.

Enquanto movimento intelectual surgido na Europa durante o século XV, o humanismo promovia a formação integral das pessoas. Posto isto, os humanistas costumavam reunir-se para partilhar experiências e debater as mesmas.

O humanismo opõe-se ao consumismo, tendo em conta que é contra tudo aquilo que é superficial, o narcisismo bem como aquilo que não é próprio da dignidade humana. A coisificação do homem enquanto produtor ou consumidor é um atentado ao seu desenvolvimento integral.

Dentro do contesto histórico, o humanismo foi um movimento que ocorreu na transição do Trovadorismo ao Renascimento, ele foi um período literário em que as ideias morais, estéticas e filosóficas colocavam o ser humano como principal, no centro do mundo. Assim, do fim da idade média ao início do idade moderna, o humanismo na Europa ocorreu devido a profundas mudanças sócias e econômicas que ajudaram no surgimento de novas ideias.

Nas artes e na filosofia, o humanismo tem certas características, onde podemos destacar as seguintes:

Cientificismo: o conceito do cientificismo se diz a concepção filosófica em que afirmam que só a ciência explica as dúvidas sobre o mundo e seu vasto conhecimento. Nela se destacam vários pensadores, entre eles Leonardo da Vinci, Isaac Newton, René Descartes e Galileu Galilei.

Racionalismo: é uma corrente filosófica em que a razão produzida pelo homem é a única forma do ser humano conseguir o completo e verdadeiro conhecimento.

Antropocentrismo: o Antropocentrismo adota a ideia que o homem tem de estar no centro do mundo como um ser dotado de capacidade critica. Essa ideia é contrária ao teocentrismo, onde tem-se Deus estando no centro do mundo.

Antiguidade clássica: os valores clássicos inspiraram os artistas humanistas, valores esses realizados por pensadores da antiga Grécia e Roma antiga, tanto cultural quanto estético.

Em Portugal, o humanismo literário teve a crônica histórica, o teatro popular e a poesia palaciana entre os gêneros mais utilizados e entre os autores mais importantes estavam Gil Vicente e Fernão Lopes.

No Brasil, a primeira organização humanista foi a Organização Humanista Internacional.