Conceito de mar


Mar 16, 12

O conceito mar provém do latim mare e refere-se à massa de água salgada que cobre grande parte da superfície terrestre, representada a azul no globo e no mapa terrestre. Também se chama de mar a cada uma das partes em que se pode considerar que essa massa de água está dividida (Mar Mediterrâneo, Mar Egeu, etc.).

Por outro lado, um mar é um lago de grande extensão. Nesses casos, costuma usar-se a denominação de mar fechado ou interior pelo facto de não comunicar directamente com nenhum oceano. O Mar Morto é um deles.

A título de comparação, pode-se dizer que o mar é uma extensão de água salgada cuja extensão é menor que a do oceano. Contudo, alguns especialistas não fazem a distinção entre o mar e o oceano.

Entre as diversas classificações dos mares, destacaremos os mares litorais ou costeiros (os quais são grandes e bastante abertos, como é o caso do mar da Noruega), os mares continentais (os quais se encontram dentro dos continentes e que comunicam com os oceanos por um estreito de escassa profundidade. Por exemplo: o Mar Mediterrâneo) e os mares interiores ou fechados (os referidos lagos de grande extensão, que ocupam depressões endorreicas).

Por fim, convém destacar que, em sentido figurado, também usamos o conceito de mar para nos referirmos à grande abundância de certas coisas: “A rua principal foi invadida por um mar de pessoas”, “A menina derramou um mar de lágrimas quando soube que o seu animal de estimação tinha sido atropelado, acabando por morrer”.