Conceito.de

Conceito de mini

Do latim minĭmus (“muito pequeno”), mini é um elemento de que são compostas as palavras referentes a tudo o que seja pequeno, baixo, curto ou breve. Isto quer dizer que os termos iniciados com esse elemento se referem a algo que apresente essas características.

Exemplos: “A actriz surpreendeu os espectadores com uma mini-saia que não deixava grande espaço para a imaginação”, “Ainda não almocei, só comi um mini-aperitivo para enganar o estômago”, “O João ofereceu-me um mini-armário para guardar as minhas garrafas de colecção”.

O prefixo “mini”, por conseguinte, pode ser usado para preceder qualquer substantivo que se qualifique como sendo pequeno, daí o termo “miniatura” (objecto em formato muito pequeno) começar precisamente por este prefixo. Posto isto, um forno pequeno será um mini-forno e uma bola pequena, uma mini-bola: “A minha sobrinha está a brincar com um mini-forno que lhe comprou o seu papá”, “Podemos jogar futebol no salão? Temos uma mini-bola que não pode partir nem quebrar nada”.

Por outro lado, o Mini era um carro pequeno e de baixo custo, fabricado pela British Motor Company e pelas firmas sucessoras entre 1959 e 2000. Em 2001, o modelo foi substituído pelo MINI, igualmente conhecido pelo nome de MINI Cooper.

Por fim, o caniche ou poodle minitoy é uma raça de cães que se caracteriza pelo seu porte de pequenas dimensões. Surgiu no século XV como um animal da nobreza e da aristocracia, tendo-se, entretanto, tornado numa das raças mais populares nas grandes cidades.