Conceito.de

Conceito de onírico

Escutar o artigo

Onírico, que vem do grego, é um adjetivo que se usa para evocar aquilo que está relacionado com o mundo dos sonhos. Exemplos: “Já li o suficiente esta noite: vou-me entregar ao universo onírico”, “Tomo sempre nota dos meus sonhos. Assim, fico com um registo da minha atividade onírica”, “Tive uma premonição onírica e joguei à lotaria… mas o meu número não saiu sorteado”.

onírico
O que é onírico estaria relacionado com o mundo dos sonhos

Para além daquilo que acontece especificamente acontece durante os sonhos, a noção de onírico também é utilizada em referência àquilo que é irreal (e, por conseguinte, que poderá fazer parte de uma ilusão): “O Sol, ao pôr-se no mar, e os golfinhos, na água, criaram uma paisagem onírica”, “Ao sair com a criança nos braços da casa em chamas e levantar o seu polegar, o bombeiro ofereceu uma imagem onírica aos jornalistas que cobriam a situação”, “Com 45 pontos, 16 remates e 11 assistências, o jogador dos Chicago Bulls teve uma atuação onírica”.

O onirismo, por outro lado, é um distúrbio da consciência que leva uma pessoa a perder a sua localização no plano real, confundindo fantasias semelhantes às oníricas com a realidade. Nestes casos, o sujeito tem alucinações que parecem próprias do plano onírico e que o levam a confundir imaginação com realidade.

Quando a alucinação visual é acompanhada por outros transtornos sensoriais (como ouvir sons que não existem), fala-se de um delírio onírico. Isto pode acontecer por diversas causas, desde o uso de drogas ao esgotamento (depressão), passando por febre elevada ou uma infecção.

Características do onirismo

conceito de onírico
A noção de onírico ainda referencia ao que é irreal

No onirismo, se tem a alucinação como o sintoma principal dessa condição. E, como dito, esse sintoma pode ser visual, mas também auditivo, tátil, olfativo e, mesmo, degustativo, constituindo em alucinações tidas como multimodais.

Mais um sintoma comum dessa condição é perder o contato com a realidade, seja de forma parcial ou total.

Se o paciente possui diversas alucinações que acabam compondo uma história, então a isso se dá o nome de cena onírica. Mas quando acontece do paciente ter nessa história elementos reais e que possuem interação somente numa percepção com distorção dele, então se tem o chamado delírio onírico.

Há casos em que se confunde delírio onírico e alucinação onírica.

Mas enquanto o delírio é provocado por um estímulo que se pode perceber de forma objetiva e (ao ver algo que não se move passar a se mover), a alucinação onírica não se embasa na realidade objetiva (um exemplo seria passar a enxercar no mundo real objeto que eram imaginários).

E quando acontecem tais percepções, que é num momento em que o indivíduo se encontra num estado de consciência com alteração, há confusão mental, comprometimento dos reflexos, resultando na perda da eficiência no processo de cognição.

Contudo, o onirismo é uma condição que possui cura. E o tratamento para ele foca em identificar o que provocou isso. E nisso se faz a identificação da origem dessa condição: uma origem psicótica (que é distinta para cada um dos pacientes) ou neurótica (algo mais racional).

Para o tratamento do onirismo o especialista pode receitar o uso de antipsicóticos (não em todos os casos). O acompanhamento com um psicólogo é fundamental, pois esse especialista irá orientar o paciente sobre hábitos que melhorarão essa condição, reduzindo os sintomas (ter noites de sono melhores e eliminar o uso de drogas, por exemplo).

Delirium tremens

Se o onirismo de uma pessoa é provocado pela abstinência de alguma droga ou por suspender o consumo de bebidas alcoólicas, por exemplo, então essa condição é conhecida como delirium tremens.

Esse tipo condição costuma afetar aquelas pessoas que estão muito dependentes de álcool e estão em abstinência. Desse modo, esse ainda poderia ser um indicador de que a pessoa teria de moderar no consumo de bebidas alcoólicas.

Mas essa condição ainda afeta os pacientes com demência ou com Mal de Parkinson. E ela tende a causar irritabilidade, falta de atenção, agitação, confusão mental, apatia e, ainda, tremores nas mãos.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (7 de Janeiro de 2015). Conceito de onírico. Conceito.de. https://conceito.de/onirico