Conceito.de

Conceito de pessimismo

Entende-se por pessimismo a propensão para julgar as coisas pelo seu aspecto mais desfavorável ou negativo. Este conceito é o oposto de optimismo, que consiste em analisar as situações a partir da sua dimensão mais favorável (positiva).

Exemplos: “Chega de pessimismos, é bem capaz que a situação venha a melhorar e não precises de te desfazer do teu carro”, “O país apresenta diariamente notícias que convidam ao pessimismo; é difícil olhar para o futuro com esperança”, “As pessoas que não deixam lugar ao pessimismo são as que mais vivem”, “O pessimismo faz parte do dia-a-dia de certas pessoas”.

O pessimismo é, por outro lado, o sistema filosófico que atribui ao universo a maior imperfeição possível. Isto significa que, na visão dos pessimistas, vivemos no pior dos mundos possíveis.

Os filósofos pessimistas consideram que os seres humanos devem reconhecer que não sabem nada, não são nada e não podem chegar a alcançar nada. Por conseguinte, a vida não tem propósitos.

As religiões baseiam-se, de certa forma, na doutrina pessimista, uma vez que reconhecem a existência do Mal no mundo e minimizam a existência humana face às entidades divinas. No entanto, deixam a porta aberta a algum tipo de redenção (através do seguimento dos mandatos de Deus, etc.) para depois da morte.

Para a psicologia, por fim, o pessimismo pode ser um sintoma de doenças como a depressão. Os pensamentos e as manifestações pessimistas, neste sentido, podem reflectir a existência de um transtorno emocional que se caracteriza pelo abatimento e pela infelicidade.