Conceito.de

Conceito de preço

Preço, do latim pretĭum, é o valor monetário que vale algo. Todos os produtos e os serviços que são colocados no mercado têm um preço, que é o dinheiro que o comprador ou o cliente deve pagar para efetivar a operação.

Por exemplo: se o preço de umas calças for de 100 dólares, a pessoa que as queira comprar deverá pagar esse valor para ficar com o produto. No caso dos serviços, o preço costuma estar associado a um abono, quota, jóia ou tarifa já que, regra geral, são pagos periodicamente. O serviço de televisão por cabo pode ter um preço de 40 euros por mês, entre outros casos.

O preço, a nível conceptual, exprime o valor do produto ou serviço em termos monetários. As matérias-primas, o tempo de produção, o investimento tecnológico e a competência (concorrência) no mercado são alguns dos fatores que incidem na formação do preço.

No tocante ao preço referente à compra e venda de bens e serviços, quando ainda não existia o dinheiro (nem em forma de nota e nem de moedas) a compra e venda era feita mediante a troca de itens, por exemplo: se um produtor de laranjas trocava seu produto com os de um produtor de morangos.

Atualmente, muito se fala sobre métodos para definir o preço de venda de produtos e serviços. Para isso, além das técnicas e métodos existentes, são considerados elementos como custos e despesas fixas e variáveis.

É importante para os empresários é crucial saber como precificar (dar preço) seus produtos e serviços a fim de se ter competitividade e também, claro, para evitar vender algo por um valor acima do que deveria e não ter um bom volume de vendas ou, ainda, vender por um valor abaixo do que deveria e não conseguir lucros.

Assim, a definição de preço de produtos e serviços é feita com base em análises e não apenas se baseando no que os concorrentes estão fazendo em seus negócios.

É importante ter em conta que o preço também inclui valores intangíveis, como a marca. Uma camisa fabricada com idênticos materiais pode ter preços bastante diferentes dependendo da marca, uma vez que o consumidor adquire com esta diversos valores simbólicos.

O aumento dos preços ao longo do tempo recebe o nome de inflação, ao passo que a tendência contrária se chama deflação.

Muitas pessoas acabam confundindo preço com custo. Mas enquanto o custo refere-se a gasto que se tem para produzir um produto ou para se manter um serviço, por exemplo (a todo um valor gasto tanto na fabricação como também na divulgação e comercialização), o preço trata-se do valor final do produto ou serviço, ou seja, o valor que ele é comercializado no mercado.

Fora o significado monetário, o conceito de preço é usado para fazer alusão ao esforço, sofrimento ou à perda que serve de meio para obter algo: “O Sérgio pagou um preço bem alto por triunfar no mundo profissional: deu-lhe um enfarte devido ao stress”.

É importante não confundir preço com apreço, esse último significa consideração ou estima.