Conceito.de

Conceito de PVC

PVC é a denominação pela qual se conhece o policloreto de vinilo, um plástico que surge a partir da polimerização do monómero de cloroetileno (igualmente conhecido como cloreto de vinilo). Os componentes do PVC derivam do cloreto de sódio e do gás natural ou do petróleo, e incluem cloro, hidrogénio e carbono.

No seu estado original, o PVC é um pó amorfo e esbranquiçado. A resina que resulta dessa polimerização é um plástico que pode ser usado de diversas formas, uma vez que permite produzir objetos flexíveis ou rígidos.

Uma das propriedades mais interessantes do PVC é o facto de ser termoplástico: ao ser submetido ao calor, fica macio e pode-se moldar facilmente. Arrefecendo, recupera a solidez anterior sem perder a nova fisionomia.

Dentre as principais características do PVC tem-se que ele é:

– Um material leve;

– Atóxico;

– Resistente a fungos e bactérias, assim como a insetos e roedores também;

– Impermeável tanto a líquidos quanto a gases;

– É um material totalmente reciclável;

– A sua fabricação consome pouca energia;

– É um material sólido;

– Ele é também é auto-extinguível, ou seja, ele pode retardar ou eliminar a propagação das chamas;

– É um isolante térmico;

– É também um bom isolante acústico.

Com todas essas características combinadas, tendo ainda como benefício o seu custo-benefício, PVC é um material altamente importante para a humanidade.

O PVC é usado para fabricar brinquedos, embalagens, tubagens, cabos e janelas, entre muitos outros produtos. Por ser mais económico e duradouro (resistente) do que outros materiais, o seu uso passou a impor-se em todo o mundo.

É importante destacar que muitos grupos ecologistas condenam a utilização de PVC. De acordo com as denúncias, o processo de produção de PVC implica a emissão de gases contaminantes e a geração de águas residuais. Os aditivos que são adicionados para lhe conferir diversas propriedades, por outro lado, podem ser cancerígenos.

Os produtores de PVC, claramente, rejeitam as queixas, afirmam que as emissões poluidoras são equivalentes às de outros materiais e defendem que o PVC é reciclável. Por isso, asseguram que as críticas feitas ao PVC obedecem a motivos políticos e económicos.

A enorme versatilidade do PVC faz com que esse material esteja presente no dia a dia mais do que se possa imaginar.

Na construção civil, o PVC é um material que passou a ser usado também para o revestimento de paredes externas ou também internas, geralmente sendo utilizado em revestimentos 3D. Esse tipo de revestimento costuma ser aplicado em fachadas residenciais e também comerciais com o uso de réguas de PVC. Há, inclusive, molduras para janelas e portas que são feitas com esse material.

É na construção civil que se tem maior aplicação desse produto, já que nesse segmento há uma alta demanda por produtos que sejam econômicos e proporcionem competitividade, sem contar a vida útil longa. Os produtos fabricados com PVC costumam tem uma vida útil de 15 a 100 anos, com uma média de 60 anos.

Na medicina, o PVC é usado para diversos itens, tais como bolsas de sangue e de soro, sendo um material seguro e durável para esses tipos de produtos. Mas há ainda o uso dele para a fabricação de cateteres cardiovasculares e tubos endotraqueais.