Conceito.de

Conceito de quiçá

Quiçá é um advérbio de dúvida que sugere a probabilidade de aquilo que menciona seja verdadeiro ou que aconteça.
Isto significa que aquilo a que se refere o advérbio quiçá não é uma certeza, mas que faz parte do terreno do possível ou provável. Por exemplo: se um homem comentar com um amigo que “quiçá no próximo ano” faça uma viagem pela Europa, estará a fazer referência a que talvez vá de férias até ao Velho Continente, mas ainda sem confirmação desse plano.

O advérbio pode evocar, por outro lado, uma dúvida ou um receio. “Quiçá não me enganei ao não te ter contado o que se estava a passar” é uma frase que pode dizer alguém que não está certo sobre o seu comportamento.

A inclusão do termo quiçá, em suma, serve para esclarecer que aquilo que se diz pode tanto ser certo como incerto. Não é o mesmo dizer “Vou-me despedir no meu emprego” que “Quiçá me despeça no meu emprego”.

O uso deste termo é bastante comum na fala diária, tanto em contexto profissional como em conversas informais; embora se espere que entre pessoas com conhecimentos técnicos de uma matéria em particular se fale com certeza, é impossível estar seguro de tudo o que se menciona, pelo que é natural recorrer ao advérbio quiçá para ressalvar que contemplamos a falta de precisão das nossas palavras.

Na fala quotidiana, por outro lado, o seu uso é menos condenado do que em conversas entre especialistas, já que os temas a tratar costumam ser menos comprometidos; por exemplo, ao dizer “quiçá leve o fato para a tinturaria” ninguém põe a vida de outro em perigo, ao passo que “quiçá vá a minha paciente consultar a doutora Catarina” fala de uma falta de segurança relativamente à efectividade com a qual um médico poderia tratar um paciente, pelo que é bastante importante que tome a decisão correcta.

Abusar deste termo na comunicação é próprio das pessoas inseguras de si mesmas, e em tais casos, é normal que as dúvidas cheguem a limites absurdos, nos quais sejam questionados os seus próprios gostos e preferências. Por exemplo, perante uma pergunta tal como “Então prefere os filmes de acção aos de terror?” espera-se uma resposta directa ou uma explicação na qual se diga em que proporção o interlocutor desfruta de cada género; porém, um indivíduo inseguro pode responder “Quiçá”, algo que demonstra o seu medo a exteriorizar os seus verdadeiros sentimentos.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

barlavento

A ideia de barlavento refere-se ao lugar de onde o vento vem. É o conceito oposto à ideia de sota-vento: o setor oposto àquele...

Conceito de

barista

O Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa da Michaelis faz menção ao uso do termo barista. O termo utiliza-se com...

Conceito de

bário

O bário é um metal cujo número atômico é 56. É um elemento químico pesado e macio, encontrado em diferentes minerais e que...

Conceito de

barítono

O termo barítono deriva do grego “barytonos” que se pode traduzir como “de voz grave”. Denomina-se...

Conceito de

baricentro

A noção de baricentro é formada com a palavra grega “barýs” (que pode ser traduzida como “grave”) e o...

Conceito de

barca

O termo barca, que tem sua origem etimológica na língua latina, é usado para nomear uma embarcação de tamanho reduzido....

Conceito de

barbeiro

A noção de barbeiro vem do termo barba: os pelos que cobrem o início do pescoço, o queixo e a área das bochechas. O...

Conceito de

barema

A etimologia do barema nos leva ao “barème” francês, que por sua vez vem do nome de um matemático: François...

ARQUIVOS