Conceito.de

Conceito de reflexão luminosa

No âmbito da física, a reflexão (do latim reflexĭo) é a mudança de direcção de um raio ou de uma onda que ocorre na superfície de separação entre dois meios, de modo a regressar para o meio inicial.

Dependendo da natureza da superfície de separação, existem dois tipos de reflexão da luz. A reflexão especular é aquela que se produz como num espelho; quando a superfície reflectora é lisa, os raios reflectidos são paralelos aos raios incidentes, pelo que regressam exibindo a imagem.

As leis da reflexão especular assinalam que o raio incidente, o raio reflectido e a normal relativamente à superfície de reflexão no ponto de incidência devem estar no mesmo plano, ao passo que o ângulo formado entre o raio incidente e a normal é igual ao ângulo que existe entre o raio reflectido e essa mesma normal.

A reflexão difusa, por sua vez, ocorre quando não é conservada a imagem, mas é antes reflectida a energia. Nestes casos, se a superfície reflectora for áspera ou irregular, os raios reflectidos não serão paralelos aos raios incidentes, pelo que apenas será iluminada a superfície.

Por outro lado, se a superfície de separação se encontrar entre um meio dieléctrico e um condutor, ou entre dois meios dieléctricos, o comprimento de onda reflectido poderá chegar a inverter-se.

O fenómeno da reflexão interna total ocorre quando um raio de luz, ao atravessar um meio cujo índice de refracção é superior àquele em que este se encontra, se refracta de tal forma que não consegue atravessar a superfície entre ambos os meios a reflectirem-se completamente.