Conceito.de

Conceito de região

Escutar o artigo

O conceito de região (do latim regĭo) faz referência a uma porção de território determinada por certas características comuns ou circunstâncias especiais, nomeadamente o clima, a topografia ou a forma de governo.

Uma região também é uma divisão territorial definida por questões geográficas, históricas e sociais, que conta com várias subdivisões, como departamentos, províncias, cidades, entre outras.

Uma região administrativa é uma divisão regional organizada pelo Estado nacional para facilitar a administração e a governação de um país. Estas regiões têm uma origem artificial, disposta por uma lei, independentemente do facto de a divisão ter em conta critérios geográficos ou culturais.

No Brasil temos as divisões regionais que apresentam características próprias de clima, cultura, sotaques entre outras. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), na deca de 70, criou as regiões brasileiras que temos hoje: Região Sul, Sudeste, Centro Oeste, Nordeste e Norte.

Agora, na geografia humanista região pode ser um espaço de identidade e pertencimento, como uma pessoa conseguindo identificar outras pessoas pelo lugar que vivem tendo sua própria característica.

Dá-se o nome de região natural ao tipo de região que é determinada pela geografia física. Nestes casos, aquilo que é tido em conta para planear a divisão é o relevo, a vegetação, a hidrografia, entre outros fatores.

Na América do Sul, por exemplo, dá-se o nome de Pampa àquela que é considerada uma das mais importantes regiões do respectivo continente. Essa região apresenta uma superfície de aproximadamente 750.000 km2, e abrange planícies da Argentina, do Uruguai e do Brasil.

Para a zoologia, as regiões são cada uma das partes nas quais se podem dividir, a partir do exterior, o corpo dos animais. Deste modo, é possível determinar o sítio, a extensão e as relações dos diferentes órgãos.

Na anatomia humana, temos a região anatômica que compete as partes do corpo humano. Essas partes podem se reunir em grupos de regiões com cabeça e pescoço, membro superior, membro inferior, tórax, abdômen, Costas e Pelve e períneo. Por exemplo: “a cabeça possui muitas regiões, dentre as quais a região frontal, região pariental, região occipital, região temporal, região infratemporal, entre outras.

Ainda usa-se o termo “região” para referir-se as camadas que dividem a atmosfera. Por exemplo: a ionosfera, que trata-se da parte superior da termosfera (camada atmosférica, localizada acima da mesopausa, que caracteriza-se pelo aumento elevado da temperatura).

E nós podemos ainda fazer o uso do termo região na música, mais especificamente quanto ao violão ou mesmo a guitarra, a fim de designar uma região do braço do instrumento. Nesse caso, tem-se por região a cada quatro casas, sendo que a primeira região do braço do instrumento compreende a primeira, segunda, terceira e quarta casas.

Por fim, convém destacar que, no mundo fictício criado pelo escritor J.R.R. Tolkien, a floresta de Região é um sector do Reino (na “Terra-média”) de Doriath.

Assim sendo, região pode ter muitos conceitos sendo seu maior na área da geografia, que deve muitas mudanças ao longo da história nessa área.

 

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (7 de Janeiro de 2012). Conceito de região. Conceito.de. https://conceito.de/regiao