Conceito.de

Conceito de reiki

O reiki pode considerar-se como uma disciplina pseudocientífica, uma técnica ou uma modalidade de medicina alternativa que visa cuidar do paciente através da imposição de mãos. Tem por base a canalização daquilo que os seus praticantes denominam energia vital universal para alcançar o equilíbrio.

É importante destacar que estudos clínicos não conseguiram demonstrar efeitos concretos do reiki apesar de ter consequências positivas pelo efeito placebo. O reiki pode servir como uma terapia complementar durante um tratamento médico, mas nunca pode actuar como seu substituto.

A intenção do reiki é a harmonização natural do ser humano, tanto no físico como no mental e no espiritual. O reiki, ao considerar a pessoa como um todo que transcende o corporal, procura harmonizar cada sujeito em conjunto.

Por não utilizar elementos estranhos ao corpo ou substâncias químicas, o reiki não tem nenhum efeito colateral nem cria qualquer dependência física. O único eventual perigo é que o paciente se vire para estas técnicas e deixe de lado a atenção médica de um profissional.

quem tenha sessões do reiki como método preventivo para cuidar da sua saúde. Isto significa que não é necessário estar doente para recorrer ao reiki, mas esta técnica pode ser benéfica na vida diária pela sua capacidade em proporcionar bem-estar àqueles que acreditam nos seus preceitos.

É importante ter em conta que o reiki não é uma religião nem uma seita. Muitos o associam, de qualquer forma, a uma superstição já que os seus conceitos não têm base científica nem justificação dogmática.