Conceito de reprimenda


Fev 15, 16

Reprimenda é um termo que tem a sua origem etimológica no latim. O conceito é usado para designar a repreenda ou a briga que se realiza com veemência.

Exemplos: “A mulher deu uma reprimenda ao seu filho depois de o adolescente ter fugido do colégio.” “Diversas fontes asseguram que houve uma forte reprimenda por parte do presidente aos ministros no encontro da passada Terça-feira”, “Devido à sua atitude, o jogador levou uma reprimenda pública por parte do treinador”.

A reprimenda costuma ser uma resposta ou una reacção de alguém perante uma falta/falha de outra pessoa. Suponhamos que um aluno passa o tempo a conversar nas aulas mesmo quando a professora exige silêncio. Perante semelhante desobediência, a docente dá uma reprimenda ao aluno.

Em alguns casos, a reprimenda é um comentário público que pode ser abstracto ou, inclusive, não ter um destinatário definido ou claro. O director técnico de uma equipa de futebol pode dar uma reprimenda aos seus jogadores diante da imprensa, comentando com os jornalistas que se o conjunto não mostrar outra atitude, irá apresentar a sua demissão.

Também se pode dizer que o mercado dá uma reprimenda a uma empresa quando as acções desta na bolsa desabam. Neste caso, a ideia de mercado é bastante mais abstracta, já que não se identifica com os actores que, efectivamente, se mexem para que as acções da empresa desvalorizem, não sendo sequer mencionados os motivos que levam a favorecer esta queda.

Uma reprimenda, por último, pode ser uma sanção, uma multa ou outro castigo formal: “A reprimenda da federação internacional ao piloto brasileiro custou 25.000 euros à sua escuderia”.