Conceito.de

Conceito de resquíscio

A primeira acepção do termo resquício está relacionada com a abertura existente entre a porta e o quício (o sector em que entra o quicial e que permite o movimento).

Por extensão, conhece-se pelo nome de resquício uma fissura, uma greta ou uma racha de tamanho reduzido.
Exemplos: “Não percebo: está o chão todo molhado, mas não vejo qualquer resquício pelo que possa ter entrado água”, “O rato entrou na cozinha pelo resquício da porta”, “O sismo provocou alguns resquícios nas paredes, mas não causou nenhum dano relevante”.

Em alguns países, a ideia de resquício é usada para designar os restos, os vestígios, os rastos de algo: “O assassino não deixou nenhum resquício no quarto”, “Não ficou nem um resquício do bolo de aniversário“, “Os arqueólogos conseguiram reconstruir o edifício de maneira virtual a partir dos resquícios encontrados no terreno”.

Resquício, por outro lado, pode ser uma oportunidade ou um contexto que é propício para o desenvolvimento de uma missão ou o cumprimento de um objectivo. O advogado de uma pessoa acusada de ter cometido um delito, só para citar uma possibilidade, pode procurar um resquício legal para evitar que o seu defendido seja preso.

Costuma-se dizer, por fim, que certas situações complicadas oferecem um resquício para a esperança quando existem probabilidades, apesar de serem mínimas, de as reverter. Uma equipa de futebol está prestes a descer de divisão, mas para evitar perder a categoria, consegue-se vencer as últimas oito partidas do torneio: neste caso, é possível afirmar que existe um resquício para a esperança, já que o conjunto ainda apresenta possibilidades matemáticas de se salvar.