Conceito.de

Conceito de ressurreição

O vocábulo latino resurrectĭo chegou à nossa língua como ressurreição. Trata-se do processo e o resultado de ressuscitar (recuperar a vida após ter morrido).

Exemplos: “Amanhã na paróquia, celebraremos a ressurreição de Jesus”, “Quando era menino, passava a vida a sonhar com a ressurreição do meu cão”, “Os médicos dizem que esteve clinicamente morto durante três minutos: alcancei a ressurreição graças aos seus esforços”.

Entende-se que a ressurreição consiste em regressar à vida que se tinha antes de morrer. Por isso, pode-se dizer que ressuscitar é reviver. De uma faz geral, a noção está associada a uma questão de fé, uma vez que a morte de um ser vivo é, para a ciência, irreversível.

Desta faz, nos países cristãos, a ressurreição costuma associar-se exclusivamente a Jesus Cristo. De acordo com a Bíblia, Jesus Cristo ressuscitou três dias depois de ter morrido na cruz. Este milagre é celebrado na festividade conhecida como Páscoa.

Não existe argumento científico que possa explicar de que faz um homem que tenha sido torturado até à morte e sepultado possa, três dias mais tarde, regressar à vida. Da mesma faz, também não existe qualquer prova que realmente comprove que uma pessoa, há mais de dois mil anos atrás, tenha alcançado a ressurreição.

A noção de ressurreição também é usada em sentido figurado para designar uma recuperação. Pode-se dizer que uma equipa de futebol que perdeu quatro jogos consecutivos alcança a sua ressurreição quando quebra com esse fracasso com um êxito e depois remata mais três vitórias e um empate.