Conceito.de

Conceito de rótula

Rótula é um termo que deriva do vocábulo latino rotŭla, que se refere a uma roda de tamanho pequeno. O conceito é usado para evocar o osso que se situa na parte anterior do joelho e que permite a articulação entre a tíbia e o fémur.

De forma arredondada, este osso que também se conhece como patela encontra-se à frente da extremidade inferior do fémur e faz parte do quadríceps femoral, já que está ligado com o tendão terminal.

Os entendidos costumam distinguir vários sectores ou regiões na rótula: este osso tem uma base, dois bordos laterais, um ápex (vértice), um lado posterior e um lado anterior. A estrutura óssea permite aumentar a eficiência do quadríceps, centralizando as suas forças divergentes.

Graças à rótula é possível permanecer de pé (erguido), saltar, correr, trotar e caminhar, entre outros movimentos. Quando o osso não se encontra centrado no lugar correspondente ou não se desliza correctamente pelo surco que se situa no final do fémur, a pessoa não se consegue deslocar/mover normalmente e sente dores no seu joelho.

Se por um choque brusco ou pela deterioração da rótula esta se desloca para fora, pode haver lesão n cartilagem rotuliana. Outra lesão provável na rótula é uma luxação, que supõe que a rótula sai do surco do fémur ou se inclina. Em ambos os casos, o resultado será a impossibilidade de mexer a perna de forma natural.

Os problemas de rótula podem tratar-se através de determinados exercícios (que ajudem a fortalecer os músculos que a rodeiam) ou através de uma intervenção cirúrgica.