Conceito.de

Conceito de saga

Escutar o artigo

O termo saga é usado para designar uma história que está cheia de acontecimentos. Mas ele também pode descrever uma narrativa da mitologia ou uma lenda histórica que remete à literatura medieval escandinava, qual teria sido constituída em sua maior parte entre os séculos XIII e XIV.

saga
Filmes e séries costumam possuir sagas, que narram os acontecimentos dos personagens ao longo de um período

Uma saga ainda pode ser como se chamada uma canção que tenha um tema lendário ou um tema heroico.

Mas quando o termo está ligado com a narrativa, saga então tem sua origem no vocabulário nórdico, tendo como significado “conto”. É por isso que esse termo é ainda usado por alguns como sinônimo de conto ou de lenda.

Quando o objetivo é se referir a uma série ou história que possui uma narrativa longa, estando a ser lançada por muitos anos, então é comum chamar a isso de Saga, a exemplo da saga Star Wars, da saga Crepúsculo ou da saga Jogos Vorazes.

Se pode falar sobre saga relativa a livros (o que é mais comum), mas também se pode falar em saga referente a histórias que foram adaptadas para a televisão ou que foram criadas para esse meio (sem que haja um livro ou algum material usado como base para isso – como uma adaptação).

Características da saga

Uma saga se trata de um dos gêneros da narrativa, sendo que essa última se caracteriza como a exposição de um acontecimento ou de uma série de coisas que sucedem, quais podem estar encadeados, seja por texto ou mesmo por imagens.

E é comum que a saga seja apresentada em prosa. A prosa se configura no texto escrito num estilo natural, onde não existe uma sujeição a ritmo, rimas, estruturas métricas, entre outros elementos. Contudo, podem existir algumas prosas escritas em verso.

Conta-se que as primeiras sagas foram passadas de geração para geração por meio oral, sendo que elas ajudaram a transmitir as histórias épicas dos países nórdicos durante o período medieval. E essas sagas estabeleciam os fundamentos da literatura Escandinávia.

A saga se iniciou em 1120 na Islândia, tendo se expandido para outros locais pertencentes a Escandinávia. Mas o auge desse gênero literário se deu no século XIII, tendo caminhado até o século XIV.

Se conhecem três tipos de sagas, sendo elas: as sagas reais, as genealógicas e as sagas históricas. Apenas tempos mais a saga incluiria a cavalaria e as lendas da Europa também.

O conceito atual de saga

Mas nos dias atuais a saga mudou o se conceito, com uma série de livros sendo reconhecida como saga. E o que se conhece hoje também como saga são histórias de grande extensão, com muitos acontecimentos.

No cinema, há muitas sagas conhecidas, tal como é o caso da saga Harry Potter, O Senhor dos Anéis ou Star Trek.

Saga e arco

conceito de saga
Numa saga podem conter vários arcos

É muito comum que as pessoas que acompanham a história de uma série acabem confundindo saga com arco.

Os dois se tratam de elementos importantes para acompanhar um enredo, mas enquanto o arco se trata de um conjunto de episódios que trazem histórias específicas, as sagas se tratam de coleções/grupos de arcos. Desse modo, uma saga pode possuir diversos arcos.

Sagas lendárias

Conhecem-se pelo nome de sagas lendárias as 40 sagas que foram escritas na Idade Média. E tais narrações eram escritas em prosa e possuindo versos, sendo que quase todas essas narrações do gênero literário foram desenvolvidas na Islândia numa língua mordida antiga (isso se deu entre os séculos XIII e XIV.

E tal como o nome já sugere, as sagas que são classificadas assim trazem narrativas sobre histórias que são de caráter mitológico e lendário, quais se deram no passado pagão da Escandinávia e de outras regiões eu falam uma língua germânica, isso sendo antes da colonização da Islândia. E certas sagas possuem alguma base nos eventos históricos, contudo são as histórias fantásticas, com seres míticos, as que mais geram fundamentos para elas.

As sagas lendárias existentes são três, sendo elas:

– Sagas de vikings;

– Sagas de aventuras;

– E também as sagas heroicas.

Um importante exemplo para ser aqui citado é a Saga dos Volsungos (Völsunga saga), a qual traz a história de como o clã dos Volsungos teve sua ascensão e sua queda. E ela ainda traz personagens como Sigfrido, Brunilda e o rei dos hunos, Átila.

Uso do termo em sentido figurativo

Por fim, ainda é comum o uso do termo para designar uma história cheia de acontecimentos, mas se tratando da vida de uma pessoa. Por isso alguns costumam usar expressões como “essa é a minha saga”, “essa é a saga da minha vida” ou “a minha vida é uma saga extensa”.

Há ainda quem use o termo para expressar quando uma coisa levará muito tempo para ser concluída, por exemplo: “será uma verdadeira saga ter que desenvolver todo esse projeto sozinho dentro de cinco meses”.

Citação

SOUSA, Priscila. (27 de Dezembro de 2022). Conceito de saga. Conceito.de. https://conceito.de/saga