Conceito.de

Conceito de sarcasmo

Sarcasmo é um termo que provém do latim sarcasmos embora a sua origem mais remota resida na língua grega. A etimologia da palavra remete para algo do género “trincar ou morder um pedaço de carne”.

O conceito faz referência a uma piada cruel e mordaz que ofende ou maltrata alguém ou algo, daí a sua origem etimológica estar relacionada com “morder a carne” (da pessoa vítima do comentário sarcástico).

O sarcasmo é uma espécie de ironia ou chacota. Apela ao humor com engenho, mas é mal-intencionado, tendo em conta que procura ferir susceptibilidades. Neste caso, do destinatário. O sarcasmo pode ser expressado de forma evidente ou através da crítica indirecta ou disfarçada.

Na linguagem oral, o sarcasmo tende a apoiar-se numa entoação peculiar. Por exemplo: “És um crânio” pode ser uma frase sincera que busca elogiar o destinatário ou sugerir exactamente o contrário. No segundo caso, trata-se de um comentário sarcástico.

“Não paras de bater sempre na mesma tecla: não sabes o quanto me interessa aquilo que me estás a dizer” é outro comentário que se poderia fazer em tom de sarcasmo quando queremos que o nosso receptor se cale, já que não lhe estamos a prestar atenção.

Em certas ocasiões, à semelhança da ironia, o sarcasmo consegue ser de tal forma subtil que o ouvinte nem chega a perceber a mensagem dissimulada, especialmente quando existem diferenças culturais ou geracionais entre os interlocutores.

As comunicações escritas, por sua vez, explicitam bem o sarcasmo através do uso de aspas ou maiúsculas: “Que ‘bom humor’ que tens esta tarde”, “O prémio foi um GRANDE feito da tua parte”.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (14 de Novembro de 2012). Conceito de sarcasmo. Conceito.de. https://conceito.de/sarcasmo