Conceito de sátira


Jun 29, 16

A sátira é um género da literatura que tem a finalidade de ridiculizar uma pessoa ou que procura fazer troça de determinadas situações. Com antecedentes na poesia iâmbica, a sátira nasceu na poesia e na prosa até alcançar outros suportes de expressão, como o desenho, o teatro e o cinema.

Apelando à ironia, à paródia e ao sarcasmo, a sátira consegue expressar o seu repúdio àquilo que ridiculiza. Para além da crítica que acarreta a obra satírica, também consegue entreter e divertir o público graças às suas características.
É importante mencionar que a sátira pode recorrer a diversos mecanismos para cumprir com os seus propósitos. Algumas sátiras imitam os comportamentos para exacerbar certas questões e, deste modo, conseguir o seu efeito. A sátira também pode contrapor duas questões que são opostas ou muito diferentes entre si para desvalorizar uma e dar maior importância a outra.
Exagerar ou minimizar algo real até o transformar em algo ridículo é outra das técnicas habituais da sátira. Este mecanismo é habitual nas sátiras gráficas que apelam às caricaturas.
Uma das sátiras mais populares é “O grande ditador”, um filme de 1940 realizado, escrito e protagonizado por Charles Chaplin. Neste filme, Chaplin interpreta um ditador que é um personagem paródico de Adolf Hitler. O actor imita a aparência e os gestos do líder nazi com a intenção de o ridiculizar e, sobretudo, de mostrar o absurdo das suas terríveis ideias e acções. “O grande ditador” foi um êxito e obteve cinco nomeações aos Prémios Óscar.