Conceito.de

Conceito de paródia

Escutar o artigo

Paródia é uma palavra que provém do latim parodĭa e que tem a sua origem mais remota na língua grega. Trata-se de uma imitação burlesca que faz a caricatura de uma pessoa, de uma obra de arte ou de uma determinada temática.

paródia
Uma paródia pode ser uma imitação burlesca de uma obra

Enquanto obra satírica, a paródia aparece em diversos géneros artísticos e nos meios de comunicação. A indústria cinematográfica, a televisão, a música e a literatura costumam realizar paródias de situações políticas ou de outras obras. De um modo geral, recorre-se à ironia e à exageração para transmitir uma mensagem burlesca e para divertir os espectadores, os leitores ou os ouvintes.

As paródias terão surgido na antiga literatura grega, com poemas que imitavam de forma irrespeitosa e sem escrúpulos os conteúdos ou as formas de outros poemas. Os Romanos também desenvolviam paródias como imitações de estilo humorístico, à semelhança da literatura francesa neoclássica.

“Auto da Barca do Inferno”, que é a primeira parte da trilogia das Barcas do dramaturgo português Gil Vicente, pode ser qualificada de paródia, próxima da farsa, que faz troça da sociedade lisboeta do início do século XVI.

“Os Simpsons” é um programa televisivo que se caracteriza pela apresentação de paródias de todo o tipo. Em algumas ocasiões, os personagens da família imitam condutas e adquirem poses típicas de personalidades famosas na introdução dos capítulos. Outras cenas paródicas aparecem no meio das histórias ou já estão instauradas dentro da série, como a atitude de Krusty, o palhaço (uma paródia dos animadores infantis que, na realidade, não têm qualquer simpatia pelas crianças).

Paródia e intertextualidade

Na maioria das vezes, a paródia possui sentidos distintos da obra original. E isso se dá porque o foco dela é em fazer uma adaptação da obra original (seja ela uma música, peça, história de um livro ou filme, etc.) trazendo para ela um novo contexto.

Uma paródia pode conter intertextualidade. A intertextualidade é quando se dá significado para um texto usando outro texto, usando elementos como citação, alusão, tradução e mesmo a paródia.

É comum que se façam paródias com intertextualidade usando pinturas de artistas famosos, como é o caso da Mona Lisa de Leonardo da Vinci, que muitos costumam criar os chamados “memes” usando-a. Nesse caso, há casos em que as pessoas mesclam essa pintura com alguma personagem de quadrinhos ou de alguma história famosa (filme, série, etc.), sendo algo que evoca o humor.

Os programas de humor tendem a usar bastante esse recurso. Em muitas das vezes, os humoristas abordam os discursos de políticos e ou falas de pessoas influentes usando a paródia, a fim de realizar algum tipo de crítica ou apenas provocar risos.

Nos quadrinhos é também bastante comum o uso da paródia, especialmente fazendo referência a filmes clássicos.

Diferente da paródia, há a paráfrase, que trata de dar para um novo texto o mesmo significado do texto já criado.

Outros exemplos da paródia

conceito de paródia
A paródia tende a fazer uso da intertextualidade

A paródia se tratava de um gênero de composição literária que se iniciou no século XVI. Naquela época, os principais nomes que a representavam eram os compositores Giovanni Pierluigi da Palestrina e Orlando di Lasso, ambos da Itália, mas também a representava Tomás Luis de Victoria, natural da Espanha.

O Brasil aceita todas as paródias e atesta a validade das mesmas. Elas estão liberadas, de acordo com o que estabelece a legislação responsável por regulamentar os direitos autorais, a partir do momento em que não se tratem de reproduções fieis da obra original.

Há como exemplificar aqui com a obra do autor Miguel de Cervantes, intitulada de “Dom Quixote”, a qual parodia os romances. Nessa obra, o autor exaspera o heroísmo e outros valores que era corriqueiros nas obras de romance. E ali ele faz muito uso de elementos do humor e da ironia.

Quem pretende criar uma paródia deve antes ter um lado criativo bem desenvolvido. E cabe aqui transmitir uma mensagem e, ainda, estar mais distante do resultado da obra original. Indica-se ainda definir se o caminho escolhido será o da crítica, da ironia ou apenas se criará uma versão cômica.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (15 de Dezembro de 2012). Conceito de paródia. Conceito.de. https://conceito.de/parodia