Conceito.de

Conceito de poema

Escutar o artigo

Um poema é uma obra literária que pertence ao âmbito da poesia. O texto pode ser apresentado/redigido sob a forma de verso, estrofes ou prosa; neste último caso, dá-se-lhe o nome de prosa poética.

Na antiguidade, todas as obras literárias eram conhecidas pelo nome de poema, já que a palavra deriva do verbo grego poesin (“ação de fazer alguma coisa”). Portanto, o poema era qualquer tipo de produção de literatura.

Entre os poemas, considera-se que o género mais subjetivo é a lírica, uma vez que o autor costuma aparecer dentro do texto. O poeta situa-se quase sempre no presente e o seu modo de expressão mais usual é o verso curto, com recorrências fónicas, semânticas e de estrutura sintática.

O poema lírico tem como subgéneros principais o hino, a ode, a elegia e a sátira. Os dois primeiros expressam sentimentos de alegria e celebração, sendo utilizados para festejar vitórias e êxitos. Por sua vez, a elegia apresenta sentimentos negativos, de lamentação e tristeza. A sátira baseia-se na troça e no desprezo como forma de ridicularizar a moral social.

Os especialistas também mencionam outros subgéneros líricos, como o epitalâmio (cântico nupcial), o epigrama (uma sátira concisa), a écloga (poema pastoral sob a forma de um diálogo) e o peã (cântico/hino sacro de guerra).

À pessoa que se dedica a escrever poemas dá-se-lhe o nome de poeta. Considera-se que o trabalho dos poetas é influenciado pela tradição cultural da região onde vivem ainda que a poesia também possa ser universal e abordar temas comuns a todo o ser humano.

Na Grécia Antiga, considerava-se como poema todas as produções literárias de gêneros como lírico, épico e dramático.

Os que foram considerados como os primeiros grandes textos épicos do ocidente foram os poemas do poeta Homero, esses poemas estão presentes nas obras Ilíada e Odisseia.

O poema lírico recebeu esse nome por conta desse ser entoado ao som de um instrumento musical chamado de lira, surgindo então o gênero de arte que hoje conhece-se como “lírico”.

Já o poema dramático tratava-se de um poema escrito em versos e que tinha o objetivo de ser usado em encenações.

O poema é formado por versos e essa é uma das características que o diferencia, por exemplo, da prosa, sendo que essa que não admite versos.

Um poema pode conter versos regulares (tendo métrica e também rima), brancos (com métrica, mas sem rima) ou livres (sem métrica e sem rimas).

Quanto as estrofes, elas pode conter desde dois até dez versos, sendo que os de dois versos são chamados de dísticos, os de três versos são terceto, aqueles com quatro versos são chamados de quadra, os de cinco versos são quinteto, etc.

É importante não confundir poema com poesia. Enquanto a poesia diz respeito com o processo de escrever um poema, o poema diz respeito a uma obra, logo, quando alguém escreve alguns versos forma com ele um poema e está fazendo poesia.

Muitos poemas são transformados em canções em diversos países, sendo isso mais fácil devido a métrica que os mesmos possuem, facilitando na hora de implementar com as melodias.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (25 de Maio de 2011). Conceito de poema. Conceito.de. https://conceito.de/poema