Conceito.de

Conceito de prosa

Escutar o artigo

Prosa é a estrutura que toma naturalmente a linguagem para expressar conceitos. Essa forma não obedece às normas da versificação, ao contrário do verso. Por isso, a linguagem prosaica costuma definir-se por oposição ao verso.

prosa
A prosa é composta por textos organizados em parágrafos

A prosa desenvolve-se para a frente, ao passo que o verso obriga a regressar para dar lugar às rimas. Por exemplo: “O agente olhou à sua volta e sentiu uma imensa tristeza” é uma frase que se pode encaixar dentro de uma prosa. “O agente olhou à sua volta/recordou a sua filha morta” é um verso que poderia inserir-se no âmbito de um poema.

Considera-se prosa poética qualquer obra que apresente os mesmos elementos que um poema (orador lírico, atitude lírica, tema e objeto), embora sem os seus elementos formais (rima, métrica).

Este tipo de poemas, por conseguinte, é escrito em forma de prosa, mas distingue-se do relato ou do conto pelo facto de não ter a narração dos factos como fim, já que o objectivo é transmitir sensações.

Os microrrelatos são os exemplos mais habituais de prosa poética, tendo em conta que a intenção estética predomina sobre o desejo de narrar. Antonin Artaud e Julio Cortázar são alguns dos autores que contribuíram para o desenvolvimento da prosa poética.

Na linguagem coloquial, é usada a noção de prosa para fazer referência ao excesso de palavras (palavreado) usadas para dizer coisas de pouco relevo e às pessoas com muita “lábia”, como se diria na gíria: “O Dr. Fausto é um político de prosas acesas, mas de poucas ideias”, “Chega de prosas: por favor, limita-te a dizer os principais pontos do teu projeto”.

Desse modo, a prosa pode ser definida como textos escritos seguindo o modo natural de falar, os quais ainda são organizados em parágrafos (que é a união de um conjunto de frases num texto fazendo sentido).

Prosa demonstrativa e prosa narrativa

conceito de prosa
Materiais literários são classificados como prosa

Há ainda como classificar uma prosa como narrativa ou como demonstrativa.

A prosa demonstrativa é aquela que é mais didática, sendo alguns exemplos de materiais que usam esse tipo de prosa os tratados, as cartas e os diálogos, além de também estarem incluídos nessa classificação os textos técnicos e jornalísticos.

Uma prosa demonstrativa tem o objetivo de transmitir algum conhecimento e aqui também está incluso o texto editorial.

Por sua vez, a prosa narrativa se trata dos materiais literários, a exemplo disso se tem os contos, os romances e as crônicas também. E esse tipo de prosa trata de fazer a narração de alguma coisa, tendo a mesma: personagens e uma ambientação.

A prosa narrativa ainda pode se dividir em: prosa narrativa histórica, que trata de narra acontecimentos tendo como base os relatos da história, e há também a ficcional, essa possuindo personagens e um universo criado e que lhe é próprio.

Um exemplo de prosa narrativa histórica seria a que narrasse algum fato da história do Brasil, enquanto que a ficcional traria uma história que um autor criou.

A prosa no Brasil

Conta-se que a primeira prosa criada no Brasil, do qual se tem registro, foi a Carta de Pero Vaz de Caminha. E mesmo que essa carta seja classificada como uma crônica histórica, é algo que está mais perto do que se pode considerar como uma prosa.

Mas no período colonial ainda não havia a prosa literária no Brasil, sendo que a mesma surgiu somente após as seguintes publicações: O filho do pescador, de Teixeira e Sousa (1843) e A moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo (1844), ambas obras que ajudaram a criar uma tradição da prosa no país.

Outros conceitos para o termo

Prosa é um termo que ainda pode ser usado para designar uma pessoa que age com astúcia ou que possui muita lábia, por exemplo:

– Ouvi dizer que aquele vendedor tem muita prosa, por isso consegue induzir os clientes a fecharem mais serviços naquela empresa.

Há ainda a expressão “dois dedos de prosa” que se refere a uma conversa realizada de maneira informal.

Prosa e soneto

Diferente da prosa, um soneto se trata de um tipo de poema que contém uma estrutura que não varia, tendo sempre quatro estrofes, com quatro versos e três versos. E no soneto os versos precisam dispor de dez sílabas poéticas.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (6 de Outubro de 2012). Conceito de prosa. Conceito.de. https://conceito.de/prosa