Conceito.de

Conceito de selva

Selva, do latim silva, é uma mata ou floresta (podendo ser densa ou virgem), repleta de árvores e tipicamente tropical. Trata-se de um bioma com vegetação bastante densa, com uma ampla variedade de espécies. O conceito foi evoluindo com o passar do tempo: actualmente, a noção de selva está associada às selvas tropicais que se desenvolvem nas zonas quentes e húmidas.

As selvas podem apresentar desde árvores de mais de 20 metros de altura até musgos rentes ao solo. Têm, por conseguinte, uma alta biodiversidade (escassa quantidade de exemplares de uma mesma espécie por cada unidade de superfície). Por outro lado, as condições ambientais contribuem para que as selvas retenham uma grande quantidade de água doce.

As selvas, à semelhança das florestas, tendem a ser mencionadas como o pulmão verde do mundo uma vez que a sua massa de árvores absorve o dióxido de carbono e transfere oxigénio para a atmosfera. A deflorestação das selvas, por este e outros motivos, constitui um grave problema ambiental.

Existem vários tipos de selva. A selva húmida, umbrófila ou equatorial encontra-se em redor do equador e dos trópicos húmidos, caracterizando-se pela vegetação alta e densa e pelos elevados níveis de precipitações (a chuva).

Em sentido figurado, pode-se dar o nome de selva à grande quantidade de coisas dispostas de forma confusa, ou ainda a qualquer ambiente onde exista rivalidade e competição.

Por fim, na literatura, conhece-se por “O Livro da Selva” uma obra escrita por Rudyard Kipling, em 1894 que veio, mais tarde, a ser adaptado em filme pela Walt Disney.