Conceito de ser


Jun 28, 16

Ser é um conceito com várias acepções, de uso bastante frequente, ainda que com uma definição que possa ser um pouco complicada de compreender.

Em primeiro lugar, podemos dizer que ser é um verbo copulativo: permite construir a predicação nominal, vinculando o sujeito com um predicado. Neste caso, o termo ser não dá significado semântico, embora haja como nexo. Às vezes, ser também se torna num verbo abstracto (sem significado concreto).

Exemplos: “Gostaria de ser invisível para percorrer a sala de reuniões sem ser visto”, “Isto não pode ser! Arruma já o teu quarto!”, “Quando for grande, quero ser bombeiro”.

O conceito de ser também se associa a uma criatura ou a um ente. Aquilo que “é” tem existência real; faz parte da realidade, podendo ser física ou simbólica. Por isso, existem muitos conjuntos ou classificações que se criam a partir da ideia de ser.

O ser humano é o Homo sapiens, uma espécie animal que faz parte da família dos hominídeos. Todos nós somos seres humanos: por outras palavras, somos Homo sapiens. O ser humano, além do mais, é um ser vivo uma vez que tem vida.
O grupo dos seres vivos transcende largamente o ser humano. Todos os animais, as plantas, as bactérias, os fungos e os protozoos são seres vivos.

Na perspectiva da ficção também se fala de seres. Deste modo, há escritores que imaginaram seres de energia, seres cósmicos, seres extraterrestres, etc.