Conceito.de

Conceito de sigiloso

Sigiloso diz-se de quem guarda sigilo. Este termo (sigilo), por sua vez, refere-se ao silêncio cauteloso ou ao segredo que se mantém relativamente a uma notícia ou uma coisa.

Exemplos: “O soldado aproximou-se sigiloso da porta, consciente de que o estariam a ver”, “O leopardo, sigiloso, vigia a sua presa durante horas até decidir o momento do ataque”, “Peço-te por favor que faças um uso sigiloso da informação”.

Um comportamento sigiloso tende a desenvolver-se quando se espera não ser descoberto ou se pretende que a sua presença não seja detectada/notada. Consideremos o caso de uma criança que quer apanhar os doces de um frasco sem que a sua mãe se dê conta. Para isso, o miúdo terá de se dirigir em pezinhos de lã até ao frasco, assegurando-se de não fazer barulho. Uma vez que agarrar o frasco, terá de o abrir com muito cuidado e deixá-lo exactamente no lugar onde o encontrou.

Em certas profissões, o sigilo é indispensável para o êxito. Um detective deve ser sigiloso enquanto faz as suas investigações ou pesquisas pois, caso contrário, será descoberto. Caso um espia tenha de seguir alguém para conhecer os seus movimentos, um actuar sigiloso levá-lo-á a manter-se a menos de cinquenta metros de distância e a usar óculos escuros que lhe permitam ver com maior discrição.

Sigiloso também está associado àquilo que é secreto. Quando o dono de uma empresa informa ao gerente que haverá uma redução de pessoal e pede-lhe para ser sigiloso com a notícia, estará a dizer-lhe indicando que não deve compartir a informação com todos os funcionários.