Conceito.de

Conceito de simplicidade

Simplicidade é a qualidade do que é simples (que não tem composição, carece de ostentação ou não apresenta grande dificuldade). Este adjectivo pode aplicar-se às pessoas ou aos objectos.

Uma coisa simples pode ser aquela que não tem artifício nem grande elaboração. Exemplos: “Este é um mecanismo simples, para não ter que fazer tanta força”, “O meu pai idealizou um plano muito simples para evitar que o nosso cão fuja do pátio”, “Os primeiros computadores eram máquinas simples com pouca capacidade para realizar cálculos”.

O que é simples também pode dizer respeito àquilo que é fácil ou que não apresenta dificuldade: “Por sorte, foi um exame simples”, “Pode parecer simples, mas, na realidade, este problema é difícil de resolver”, “Estou a fazer-te uma pergunta simples, não precisas de pensar tanto: onde estiveste ontem à noite?”.

Tratando-se de pessoas, a simplicidade está relacionado com seres humanos que agem com naturalidade e sem ostentação. As pessoas simples são naturais e espontâneas, rejeitam o protocolo e preferem a informalidade: “O actor voltou a demonstrar a sua simplicidade ao passar horas a conversar com os seus fãs”, “Ele pode até ser milionário, mas preza a simplicidade: conduz o seu próprio carro como qualquer cidadão e dispensa ter motorista particular”, “Desde que passou a ser conhecido no mundo da música, o jovem deixou de lado a simplicidade e já nem cumprimenta mais ninguém”.

A simplicidade refere-se, por outro lado, àquilo que carece de adornos e ostentação: “A modelo surpreendeu ao vestir-se com simplicidade para uma gala tão importante”, “Quero decorar a casa com simplicidade, não sou grande apreciadora de ambientes sobrecarregados”.