Conceito.de

Conceito de sistema de referência

Um sistema é um conjunto de elementos que interagem e mantêm relações entre si. O conceito de referência, por sua vez, é uma alusão ou a relação que uma coisa tem com outra diferente.

Conhece-se pelo nome de sistema de referência o grupo de convenções a que um observador recorre para medir grandezas físicas de um sistema determinado. Noutros termos, os valores dessas grandezas estão relacionadas com o sistema de referência em questão.

Os sistemas de referência, por norma, são conjuntos de coordenadas. Posto isto, consegue-se situar distintos pontos no espaço físico e localizar acontecimentos numa ordem cronológica.

O observador de um fenómeno físico, resumidamente, observa um acontecimento através de um certo sistema de referência. Ao observar o percurso de um corpo em movimento, a medição da distância e de outras variáveis dependerá da sua posição no sistema de referência.

O sistema de referência pode ser unidimensional (para a observação de movimentos que têm lugar de maneira linear), bidimensional (movimentos que têm lugar num plano) ou tridimensional (movimentos que se realizam no espaço).

Tomemos o exemplo da geodesia. Esta ciência dedicada ao estudo da grandeza e da figura do globo terrestre adoptou um sistema de referência que fixa como posição de origem geocentro (o centro de massa do planeta) e depois estabelece certas convenções para definir os eixos X (vinculados com os planos equatoriais e de Greenwich), Z (relacionado com o eixo de rotação terrestre) e Y (que se associa perpendicularmente ao plano XZ).

Sistemas de referência, também chamados de Referenciais em Geodésia, assim, tratam-se de figuras geométricas que são posicionadas no espaço e que fazem a representação da superfície da terra, então cada ponto dessa superfície possui apenas um terno de coordenadas.

Usa-se tais sistemas de referência com o intuito de descrever a posição de objetos. Se há a necessidade de fazer a identificação da posição de uma determinada informação na superfície da Terra, então usam-se os Sistemas de Referência Terrestres ou Geodésicos. Tais sistemas associam-se a uma superfície que está mais próxima da forma da Terra, onde desenvolvem-se os cálculos das suas coordenadas.

Geodésia ou Geodesia é um termo que possui o significado tanto divisões geográficas da terra quanto também significa o ato de dividir a terra entre proprietários, por exemplo. A geodésia é definida como um tipo de engenharia que faz o levantamento e a representação da forma e também da superfície da terra.

E quando queremos nos referir ao sistema de referência, no Brasil um termo bastante utilizado é “datum”. Esse termo tem o seu plural “data” e vem do latim “dado” e que significa “detalhe”. Esse é um modelo matemático teórico para a representação da superfície da Terra que é usado pelos cartógrafos num mapa ou carta. Existem vários DATA em todo o mundo.

No Brasil o SIRGAS2000 (Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas) é definido como o Sistema Geodésico do país. E cabe dizer que todo o sistema de referência conta com os seguintes parâmetros: um norte (para a orientação), um ponto de amarração e um elipsoide.