Conceito de budismo


Nov 29, 12

O budismo é basicamente uma religião não-teísta, mas também representa uma filosofia, um método de treino espiritual e um sistema psicológico. Foi desenvolvido com base nos ensinamentos do Buda Siddharta Gautama, que viveu no nordeste da Índia no século V a.C.

O buda (ou Buddha) é um conceito que define esse indivíduo que conseguiu despertar espiritualmente, levando uma felicidade livre de sofrimento. Convém destacar que Buda não é nenhum ser sobrenatural, profeta nem Deus. O budismo não realiza postulados relativamente a um Criador e os seus ensinamentos não são ditados como crenças ou dogmas, pois são os próprios praticantes que os devem comprovar por si mesmos para depois as interiorizar.

O propósito do budismo é a eliminação dos sentimentos de insatisfação vital (dukkha), produzida pela ânsia (entendida como sede, desejo ou avareza). Esta, por sua vez, é o resultado de uma percepção equivocada acerca da natureza da vida, da existência e do ser.

A erradicação desta situação tem lugar a partir do momento em que o indivíduo consegue despertar e adquirir uma compreensão profunda da realidade e do ser (a iluminação). Para alcançar este estado, o budismo promove diversas técnicas para desenvolver a meditação e alcançar a sabedoria.

É importante ter em conta que o budismo não se encontra organizado numa hierarquia vertical (por exemplo, não há nenhum líder como o Papa no catolicismo). A autoridade religiosa encontra-se nos textos sagrados do Buda e na interpretação que realizam os mestres e os monges.