Conceito de droga




Jan 23, 13 Conceito de droga

Uma droga é uma substância vegetal, mineral ou animal que tem efeito estimulante, alucinogénio, narcótico ou deprimente. Entende-se por drogas leves aquelas que têm um baixo grau de dependência, como é o caso do cannabis, ao passo que as drogas pesadas criam uma forte dependência (como a cocaína e a heroína).

Por outro lado, as drogas são as matérias-primas de origem biológica que se utilizam, seja de maneira directa ou indirecta, para a elaboração de medicamentos. A composição química da droga fornece uma acção farmacológica que é útil para a terapia.

A nível geral, conhece-se mais por drogas as substâncias que, ao serem introduzidas no organismo, podem alterar ou modificar as suas funções. Há pessoas que consomem drogas pelo prazer que proporcionam embora a suspensão do consumo cause mal-estar psíquico. O consumo excessivo de drogas, por outro lado, tem consequências negativas para o físico. A designação toxicodependência refere-se à necessidade de consumir drogas para obter sensações de prazer e ilusão ou eliminar (embora temporariamente) algum tipo de dor.

Relativamente aos efeitos sobre o sistema nervoso central, as drogas podem qualificar-se em depressores (inibem o seu funcionamento e geram lentidão na actividade nervosa, como o álcool, a morfina, a metadona e a heroína), estimulantes (incrementam as funções corporais e excitam o sistema nervoso central. Por exemplo: cocaína, cafeína, nicotina, anfetamina) ou alucinogénios (perturbam a consciência e distorcem a percepção. Exemplo: LCD, peiote).

Convém destacar que existem drogas legais que se podem comprar de forma livre ou com receita médica, ao passo que outras drogas são ilegais (só se podem adquirir no mercado negro).