Conceito de inimigo


Fev 03, 14

Inimigo é um adjectivo que é usado para evocar algo ou alguém contrário ou antagónico a si mesmo ou ao próprio. A inimizade surge por um desacordo extremo e intolerante entre pessoas ou entidades de tipo diferente.

Exemplos: “O Irão e o Israel são dois países inimigos que nunca conseguem chegar a acordo”, “O ataque à casa do empresário foi obra de algum inimigo”, “O dentista é meu inimigo, quem me dera nunca mais ter de olhar para a cara dele!”, “Esta excursão parece ter sido organizada pelo inimigo: levaram-nos para os lugares mais feios da cidade!”.

Uma ou várias pessoas ou comunidades podem tornar-se inimigas quando defendem ideias opostas e não mostram tolerância para com crenças alheias. Se duas pessoas pensarem de maneira diferente, não quer dizer que elas sejam inimigas, a menos que uma delas decida combater a outra com a intenção de a fazer desaparecer ou de se impor.

A inimizade costuma ser o primeiro passo de uma guerra. Se dois países não chegarem a acordo e se mostrarem fundamentalistas nas suas posições, é provável que a situação dê origem a um conflito armado. Nesse caso, ambos os exércitos serão considerados como campos inimigos. Cabe destacar que o tratamento que se deve dar a um inimigo é regido por leis e convenções internacionais.

Espera-se, por conseguinte, que um inimigo tente fazer mal a outro, prejudicando-o e tentando prejudicá-lo ao máximo. Muitas das vezes, a relação de inimizade é baseada no ódio mútuo. Não é o caso dos soldados de dois exércitos em guerra, os quais respondem a ordens superiores e defendem valores políticos.