Conceito de adversário


Abr 25, 14

Do latim adversarĭus, um adversário é uma pessoa contrária, oposta ou inimiga. O termo também é usado para designar o conjunto de sujeitos com estas características.

Exemplos: “O deputado é o principal adversário do governador nas próximas eleições”, “O pugilista britânico não foi um adversário de perigo para o pugilista local”, “Quero ter companheiros e não adversários no grupo de trabalho”.

O adversário pode ser um indivíduo que, por situações específicas, aparece como um opositor para outra pessoa, já que tem interesses opostos aos seus. Esse é o caso dos jogadores de ténis que se confrontam numa partida. Em campo, ambos os jogadores serão adversários: cada um deles fará todo o possível para levar a vitória. Para ganhar, portanto, é necessário opor-se ao rival. Terminando o jogo, no entanto, estes jogadores deixam de ser adversários porque o confronto desportivo entre ambos terá chegado ao fim. De facto, é possível que até se tornem amigos, dividam o mesmo quarto num hotel ou jantem juntos.

Noutros casos, os adversários são verdadeiros inimigos com modos de vida opostos. Pode até nem haver nenhuma situação concreta que os situe como adversários, mas talvez algum assunto que os torne opositores em qualquer momento e lugar. Pode tratar-se de dois homens que disputam o amor de uma mulher e que se atacam mutuamente em todos os terrenos.

“O adversário”, por fim, é o nome de uma obra francesa, cujo título original é “L’adversaire” e que foi escrita por Emmanuel Carrère. Este livro foi adaptado para o cinema por Nicole Garcia.