Conceito.de

Conceito de ódio

Ódio, do latim odĭum, é a antipatia e a aversão para com algo ou alguém. Trata-se de um sentimento negativo em que se deseja mal ao sujeito ou objeto odiado.

O ódio está relacionado com a inimizade e a repulsão. As pessoas tentam evitar ou destruir aquilo que odeiam. No caso do ódio relativamente a outro ser humano, o sentimento pode refletir-se através de insultos ou de agressões físicas.

Regra geral, considera-se que o ódio é o oposto do amor. Há quem acredite, no entanto, do amor ao ódio é apenas um passo (e vice-versa), uma vez que o ódio está sempre dirigido a alguém que se considera importante e que mobiliza o indivíduo. Neste sentido, o contrário do amor seria a indiferença e não o ódio.

Cabe dizer ainda que o ódio é um tipo de sentimento forte, mais do que, por exemplo, uma pessoa dizer que não gosta de algo ou de outra pessoa: “eu realmente não gosto desse lugar” seria algo com um sentimento menos forte do que dizer “eu realmente tenho ódio desse lugar”.

Uma pessoa pode também odiar injustiças ou quando alguém age de modo que possa causar danos para outras pessoas, por exemplo: “eu odeio o modo como ele trata desse tipo de coisa, negligenciando as consequências para a população” ou ainda “eu sou o tipo de pessoa que não tolera injustiças, simplesmente as odeio”.

Assim, o ódio nem sempre é irracional. É comum odiar-se quem faz sofrer ou ameaça a existência. Exemplos: “Odeio os assassinos dos meus pais”, “O funcionário que roubou o dinheiro que estava destinado à construção de um hospital ganhou o ódio do povo”. O mais sensato e saudável é transformar essa energia negativa numa ação positiva (exigindo Justiça, no caso dos exemplos mencionados).

A violência tende a ser uma consequência do ódio. Quando um Estado está prestes a declarar uma guerra, costuma promover o ódio pelo inimigo entre os cidadãos e os soldados. Desta forma, as ações violentas serão portanto justificadas e não darão origem a repulsa, indignação ou sentimentos encontrados na sociedade.

Quando uma pessoa nutre um ódio por outra pessoa e não consegue perdoar ou se libertar disso, isso pode lhe causar danos não apenas ao seu psicológico, mas também ao seu estado de saúde em geral. Mas também não é bom negar que se está irritado, que há essa repulsa, mas o fato é que deixar o ódio consumir é algo que pode causar danos altamente prejudiciais. É por isso que as pessoas que estão assim precisam buscar uma ajuda profissional.

As pessoas também costumam demonstrar seu ódio por outras pessoas, causas, objetos, etc., por diferentes meios que não o presencial: com o advento e popularização da internet, as redes sociais, por exemplo, tem sido um dos meios utilizados para as pessoas distribuírem ódio por todos os cantos, havendo discussões por vários assuntos, em especial sobre política, que chegam, até mesmo, a causar problemas maiores como agressões físicas.